Raimundo Colombo não tem interesse em presidir PSD-SC; Milton Hobus é a bola da vez

Não está “no foco” de Raimundo Colombo assumir a presidência do PSD catarinense. O ex-governador compartilhou uma postagem do colunista Edson Varela, de Lages, reproduzindo a frase de que teria “outro trabalho, mais amplo”. De qualquer forma, estaria disposto a “estar junto e fortalecer o PSD”.

A bola da vez para assumir o partido, após a saída de Gelson Merisio, é o deputado estadual Milton Hobus. Colombo defende uma construção partidária harmônica. Não deixa de ser uma alfinetada, já que Merisio preferia um caminho de embates. Prova é que o desgaste culminou com a saída da sigla.

Colombo e Merisio – Luis Debiasi/Divulgação/NDColombo e Merisio – Luis Debiasi/Divulgação/ND