Recorte no Sul da pesquisa Datafolha para a Presidência mostra dificuldade de Alckmin

Ex-governador de São Paulo chega, no máximo, a 5%; senador Álvaro Dias alcança até 16% na região

Os números por região da recente pesquisa Datafolha para a Presidência da República mostram um cenário preocupante para Geraldo Alckmin (PSDB) no Sul do país. Seu eleitorado alcança, no máximo, 5%. Quem apresenta bons números é o senador do Paraná, Álvaro Dias (Pode), que chega até 16%. O ex-governador de São Paulo é o preferido de quase todos os pré-candidatos da centro-direita em Santa Catarina mas, exceção lógica ao PSDB, ninguém abraçou sua campanha ainda.

A dificuldade de Geraldo Alckmin decolar no Sul do Brasil e, por consequência, em Santa Catarina, é um ingrediente extra nas composições locais de alianças. Talvez o PSDB tenha que sacrificar a decisão de ter cabeça de chapa para apoiar outra candidatura. Aí fica a dúvida sobre o vice de Alckmin, vem do PMDB ou o PSD? Dependendo, empurraria para um ou outro projeto. Ou haveria espaço para a tríplice PMDB-PSD-PSDB? Os tucanos catarinenses rechaçam qualquer informação no sentido de cederem a candidatura de governador.

Geraldo Alckmin, governador de São Paulo, em palestra na Assembleia - Daniel Queiroz/ND
Geraldo Alckmin, governador de São Paulo – Daniel Queiroz/ND