Via Expressa é tema de reunião nesta quinta-feira entre prefeitos da Grande Florianópolis

Objetivo é redigir documento com possíveis ações para melhorar o trânsito na rodovia

CORREÇÃO: A matéria informava anteriormente que a reunião seria realizada na quarta-feira. A informação já foi corrigida.

Prefeitos da Grande Florianópolis se reúnem nesta quinta-feira (21) para tratar da quase sempre congestionada Via Expressa, o trecho da BR-282 entre as pontes Colombo Salles e Pedro Ivo e o shopping Itaguaçu, em São José. A reunião está marcada para as 9h30 na sede da prefeitura de São José.

O objetivo é redigir um documento com possíveis ações para melhorar o trânsito na rodovia e entregá-lo ao Fórum Parlamentar catarinense e ao DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e de Transportes). Na segunda-feira (25), em audiência prevista para as 15h, o assunto também será levado ao governador Raimundo Colombo (PSD).

Flávio Tin/Arquivo ND

Via Expressa é uma das vias mais engarrafadas da Grande Florianópolis

Nos últimos anos, a Via Expressa foi alvo de promessas de ampliação para amenizar o congestionamento, principalmente, nos horários de pico. Contudo, nenhuma medida prática evoluiu até o momento. São cerca de 130 mil veículos trafegando por dia na rodovia, segundo o DNIT.

Indignado com a situação, o prefeito de Palhoça, Camilo Martins (PSD), antecipou sugestões que pretende apresentar aos demais colegas durante o encontro: alargamento da Via Expressa, com passagem exclusiva para ônibus, possibilidade de estadualização de um trecho da rodovia e ingresso de ação na Justiça contra a União.

“Há três anos foi apresentado um projeto pelo DNIT. Até agora não se vê nada. Estamos cansados da omissão do governo federal com a Via Expressa”, disparou.

Em tom de frustração, o prefeito de Santo Amaro da Imperatriz, Sandro Vidal (PSD), disse que não é mais possível adiar o projeto de ampliação da Via Expressa. “Diariamente as pessoas pegam automóvel ou ônibus e cruzam a via para estudar e trabalhar”, afirmou.

Por meio da assessoria, a prefeita de São José, Adeliana Dal Pont (PSD), destacou a importância de “unir forças e tentar resolver questões que são comuns”.

O prefeito de Florianópolis, César Souza Junior (PSD), não atendeu nem retornou as ligações do jornal. A reportagem não conseguiu falar com o prefeito de Biguaçu, Ramon Wollinger (PSD), até o fechamento desta edição.  

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Política

Loading...