Anita - Amor, Luta e Liberdade.

Documentário inédito, em quatro episódios, apresenta Anita Garibaldi como nunca antes retratada.
A mulher forte por trás do mito e da heroína, que estava 200 anos a frente de seu tempo e escolheu lutar por amor e a liberdade.

Ver episódios

Patrocinadores Masters

Aurora Alimentos Grupo Orbenk

Patrocinadores locais

  • Althoff
  • Unibave
  • Unimed Tubarão

Uma produção

NDTV Instituto Anita Garibaldi
Anita Garibaldi

Anita Garibaldi

Ana Maria de Jesus Ribeiro nasceu em Laguna em 30 de Agosto de 1821. De família humilde, Aninha aprendeu cedo sobre o valor da liberdade. Aos 14 anos foi obrigada a se casar. Um casamento que não durou muito tempo. Aos 18 anos, em 1839, com a tomada de Laguna pelos Farroupilhas, ela conheceu Garibaldi e iniciou então uma jornada de batalhas e lutas que durou 10 anos. Lutou pelas Repúblicas em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. Anita morou no Uruguai e lutou pela Unificação na Itália, onde morreu como heroína, aos 28 anos.

Uma superprodução da NDTV para Anita Garibaldi

A produção do documentário "ANITA: AMOR LUTA E LIBERDADE", que tem como coordenador geral ROBERTO BERTOLIN e como Diretor de Produção MARCELO CAMPANHOLO, envolveu cerca de 40 PROFISSIONAIS, entre colaboradores que já atuam no dia a dia da NDTV de Florianópolis, profissionais INDEPENDENTES que atuam no setor do cinema, ATORES e produtores na ITÁLIA. Os trabalhos de pré-produção começaram já em Fevereiro com a contratação da jornalista, roteirista e cineasta Isabela Hoffmann que dedicou dois meses em uma pesquisa intensa com o objetivo de traçar a linha narrativa que traria o diferencial dessa produção, a voz de Anita.

ANITA: AMOR LUTA E LIBERDADE marca essa nova fase nos trabalhos do GRUPO ND. Trazemos para o público um produto novo onde mesclamos a dramaturgia com a linguagem jornalística para contar a trajetória de vida da heroína Catarinense. Na série documental INÉDITA para TV, com Direção de ISABELA HOFFMANN, a Fotografia ficou por conta de MARCELO FEBLE que trouxe um olhar apurado para afinar luz, cor e enquadramentos. Na produção de palco NELSON FÉLIX, que também é ator e interpreta o pintor Italiano Gaetano Gallino, trouxe as soluções e agilidade que toda grande produção exige. Para interpretar a protagonista contamos com a experiência de ninguém menos do que a atriz LIZE SOUZA e ao lado dela o ator WELINGTON MORAES interpreta Giuseppe Garibaldi.

Leia mais

Equipe

No Brasil

  • Argumento e Coordenação Geral: ROBERTO BERTOLIN
  • Direção de Produção: MARCELO CAMPANHOLO
  • Roteiro e Direção: ISABELA HOFMANN
  • Direção de Fotografia: MARCELO FEBLE
  • Assistente de Fotografia: FABIANO CRUZ
  • Assistente de Direção: NELSON FÉLIX
  • Produção de Palco: NELSON FÉLIX
  • Assistente de Produção: JEFFERSON CARNEIRO FLORA
  • Assistente de Produção e Cenografia: ROBERTO DUMMER
  • Direção de Arte: ISABELA HOFFMANN
  • Figurino: JOSÉ ALFREDO BEIRÃO
  • Maquiagem: ANNELIZE DARCY
  • Assistente de maquiagem: JANINE BARRETO LEMOS
  • Still: FABIANO CRUZ
  • Gerente de Operações: ADRIANA HELLER
Confira a ficha completa
Imagem 1 - Episódio 01 - BATISMO DE FOGO - Anita: Amor, Luta e Liberdade
Imagem 2 - Episódio 01 - BATISMO DE FOGO - Anita: Amor, Luta e Liberdade
Imagem 3 - Episódio 01 - BATISMO DE FOGO - Anita: Amor, Luta e Liberdade

Episódio 01

BATISMO DE FOGO

O ano é 1845 e o cenário é de tristeza em Montevidéu, onde Anita morou com Garibaldi por seis anos. Giuseppe estava lutando pela independência do Uruguai. As lembranças do passado povoam a mente de Anita e a fazem reviver toda a sua trajetória. Viajamos com ela nessas lembranças, quando a jovem Ana Maria de Jesus Ribeiro, aos 14 anos, ainda aprendia sobre liberdade e igualdade nas conversas com o revolucionário tio Antônio. A cidade de Laguna traz também a lembrança do verdadeiro amor.e das primeiras batalhas ao lado de Garibaldi. No final de 1839 Anita deixa Laguna e parte para novos desafios.

Assistir episódio
Imagem 1 - Episódio 02 - PRISIONEIRA MAS NÃO DERROTADA - Anita: Amor, Luta e Liberdade
Imagem 2 - Episódio 02 - PRISIONEIRA MAS NÃO DERROTADA - Anita: Amor, Luta e Liberdade
Imagem 3 - Episódio 02 - PRISIONEIRA MAS NÃO DERROTADA - Anita: Amor, Luta e Liberdade

Episódio 02

PRISIONEIRA MAS NÃO DERROTADA

Anita e Garibaldi deixam Laguna e seguem para o Planalto Serrano. Em Curitibanos ela acaba prisioneira, nas mãos dos Imperiais. Prisioneira, mas não derrotada, ela consegue fugir e reencontra Garibaldi no RS. Em 1840 nasce o primeiro filho de Anita. Com a maternidade desperta também a coragem de mãe e Aninha reforça sua luta por liberdade. Mas para o casal Garibaldi as batalhas no Brasil chegam ao fim. Novos horizontes se apresentam e outras batalhas se desenham em solos estrangeiros. Anita, Garibaldi e o pequeno Menotti, partem para Montevidéu em Junho de 1841. Aninha dá adeus ao Brasil.

Assistir episódio
Imagem 1 - Episódio 03 - ROSITA - Anita: Amor, Luta e Liberdade
Imagem 2 - Episódio 03 - ROSITA - Anita: Amor, Luta e Liberdade
Imagem 3 - Episódio 03 - ROSITA - Anita: Amor, Luta e Liberdade

Episódio 03

ROSITA

A vida no Uruguai foi um dos períodos mais longos em que Anita esteve longe dos campos de batalha. No Uruguai, em 1842, ela se casou com Garibaldi. Em Montevidéu a família experimentou um período de extrema pobreza. As reuniões políticas muitas vezes aconteciam na casa de Anita, mas no escuro, pois não tinham velas. Líderes revolucionários, da Itália e outros países, procuravam Garibaldi e Anita participava das reuniões. Foi em terras Uruguaias e na companhia desses amigos que Aninha aprendeu sobre cultura, literatura e outros idiomas. Aninha cresceu, como mulher, como mãe, como esposa e como pessoa.

Assistir episódio
Imagem 1 - Episódio 04 - MÃE DA PÁTRIA ITALIANA - Anita: Amor, Luta e Liberdade
Imagem 2 - Episódio 04 - MÃE DA PÁTRIA ITALIANA - Anita: Amor, Luta e Liberdade
Imagem 3 - Episódio 04 - MÃE DA PÁTRIA ITALIANA - Anita: Amor, Luta e Liberdade

Episódio 04

MÃE DA PÁTRIA ITALIANA

Em Dezembro de 1847 Anita cruza o oceano rumo à Itália. Ela segue antes de Garibaldi para sentir o clima político na Europa e é bem recebida em Gênova. As batalhas pela Unificação Italiana se intensificam com a chegada de Giuseppe. Em Fevereiro de 1849 ela presencia a proclamação da República Romana na Praça do Povo. Mas é uma conquista que não dura muito. E mais uma vez, Anita, grávida do 5º filho, corre riscos em sua fuga e luta por liberdade. Ela não resiste à malária e morre em Mandriole no dia 4 de Agosto de 1849. Seus restos mortais estão em Roma, onde um monumento foi erguido em sua homenagem.

Assistir episódio
Guerreira das Repúblicas e da Liberdade

Livro

Guerreira das repúblicas e da liberdade

Obra biográfica escrita por Adílcio Cadorin e que está na 5ª edição. O livro aborda episódios da trajetória de Anita Garibaldi e traz novos fatos sobre sua história.

Comprar agora

MÚSICA - ANITA VALENTE

"Ela é simples e forte" não é apenas o refrão da trilha que vai pontuar o documentário, Anita: Amor Luta e Liberdade. A frase resume características importantes da heroína catarinense. Anita Valente é composição de Vanere Rocha, que também interpreta a música, e faz parte de um projeto de dez composições autorais em comemoração ao bicentenário de Anita Garibaldi. Os arranjos ficaram por conta do Produtor Fernando Ilibio, que trouxe para o trabalho instrumentos mais acústicos. A inspiração, segundo a autora, veio naquelas madrugadas em que se acorda do nada e logo coloca no papel. Com a letra, Vanere quer transmitir às mulheres que "elas não estão sozinhas e que todas podem combater o preconceito com força, inspiradas em Anita".

Tudo sobre Anita Garibaldi: