Final de semana marca largada do estadual de remo em Florianópolis; veja metas dos clubes

Estadual de Remo 2022 terá provas sábado (5) e domingo (6), na Capital: clubes estão com a expectativa lá em cima para o início das disputas

Sincronia com a equipe, preparo físico e apetite para vencer. Esses ingredientes são fundamentais para os atletas de Florianópolis e do interior no Campeonato Catarinense de Remo em 2022.

Cinco clubes participam da competição na Capital – Foto: Leo Munhoz/NDCinco clubes participam da competição na Capital – Foto: Leo Munhoz/ND

Cinco clubes participam da competição, porém, o de Presidente Getúlio não estará na 1ª etapa, neste final de semana, na Capital. Os outros quatro intensificaram treinamentos para competir em alto nível.

O atleta Luca Suplicy Leger, 20 anos, começou a remar em 2018, quando o clube Riachuelo captava novos atletas nas escolas. Na sexta-feira (4), ele estava na água, em mais um dia de treino. Luca é da equipe que vai defender o título do Riachuelo na categoria sênior, com Guilherme Lunardelli, João Vítor Santos da Silva e Paulo Gabriel da Silva Talaska.

Estudante de química, ele tem um foco na carreira: “Adoraria viver do esporte. Estou treinando de manhã e de tarde, para o estadual e também para o brasileiro em maio”, conta o atleta. No brasileiro, quer garantir vaga na seleção para chegar a competições internacionais.

Com dupla cidadania, Luca sonha remar longe: “Gostaria de remar na Suíça, onde o nível é mais forte, mas tenho certeza que melhoraria muito”, comenta, olhando para o mar, com brilho nos olhos.

Preparação e metas dos clubes de remo catarinenses

Presidente do Riachuelo, Fernando Silveira ressalta que a preparação começou há bastante tempo. “Estamos esperando ansiosos para ter um campeonato normal outra vez. O calendário cheio, de novo, é muito bom para os atletas”, diz Silveira.

Meta dos clubes é alta para a competição – Foto: Leo Munhoz/NDMeta dos clubes é alta para a competição – Foto: Leo Munhoz/ND

A expectativa do Riachuelo é alta: “vamos competitivos em praticamente todas as provas. Em 2021, fomos campeões na categoria sênior e um dos objetivos é manter esse título”, ressalta Silveira.

Luiz Fernando Vieira, presidente do Martinelli, também considera que o clube vem forte para 2022. ‘Vamos recuperar alguns títulos que fomos prejudicados em 2021”, comenta.

O foco do Martinelli é dar mais atenção ao catarinense e manter os títulos nacionais, como o Brasileiro Interclubes de Jovens Talentos.

O presidente do Aldo Luz, Ricardo Mesquita, enfatiza que o clube começou o ano com o pé direito, contratando o técnico Eduardo Seara, ex-seleção brasileira.

“O nosso plantel está sendo renovado. Estamos montando uma equipe nova e, nessa 1ª etapa, vamos com nove atletas, porque o time está sendo montado”, explica Mesquita. O Aldo Luz quer manter o título estadual na categoria máster.

Competição tem início neste fim de semana – Foto: Leo Munhoz/NDCompetição tem início neste fim de semana – Foto: Leo Munhoz/ND

O América, de Blumenau, será o representante do interior na 1ª etapa. Segundo o presidente, Renato Gaertner, o clube disputa páreo a páreo em todas as categorias.

“No campeonato de 2021, fomos campeões na categoria júnior. Estamos com uma garotada muito boa. A meta é continuar treinando para manter o troféu no júnior e conquistar também nas outras categorias”, promete Gaertner.

A equipe de Presidente Getúlio não participará da 1ª etapa. A expectativa é de que o clube esteja nas três etapas seguintes do estadual de remo. O campeonato, que tem apoio do Grupo ND, termina em outubro, na 4ª etapa, em Blumenau.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Remo

Loading...