GUIA DO CATARINENSE: Figueirense quer o título em ano de retomada

Após a grave crise em que viveu durante a Série B em 2019, o Figueirense quer um ano mais tranquilo, começando com o título do campeonato estadual

REPORTAGEM: Ian Sell
EDIÇÃO: Diogo Maçaneiro

  • Nome: Figueirense Futebol Clube
  • Fundação: 12 de junho de 1921 (98 anos)
  • Títulos: Torneio Mercosul (1995), Torneio de Paranaguá (1951), Campeonato Catarinense (18x), Recopa Catarinense (2019), Supercampeonato Catarinense (1996), Copa Santa Catarina (2x), Taça Santa Catarina (1986), Torneio Início do Campeonato Catarinense (1924)
  • Mascote: Furacão
  • Resumo: Retomada, termo que ficou marcado na trajetória do Figueirense em 2019. Após uma sequência de polêmicas dentro e fora de campo, o clube quer um 2020 tranquilo, começando pela busca do título do Campeonato Catarinense. O técnico Márcio Coelho terá um grupo muito jovem à disposição e praticamente um elenco novo em relação ao do ano passado.
  • Técnico: Márcio Coelho, 41 anos
  • Participações no Catarinense: Campeão em 1932, 1935, 1936, 1937, 1939, 1941, 1972, 1974, 1994, 1999, 2002, 2003, 2004, 2006, 2008, 2014, 2015 e 2018.

Márcio Coelho, o Gugu, técnico do Figueirense – Foto: Matheus Dias/ND

Elenco

  • Goleiros: Sidão, Vitor Caetano, Rodolfo Castro e Allan
  • Laterais: Lucas, Kauê, Sánchez Costa e Carlinhos
  • Zagueiros: Alemão, Victor Oliveira, Pereira e Rony
  • Volantes: Paulo Ricardo, Elyeser, Arouca, Patrick, Daniel Bonassa e Elias
  • Meias: Guilherme, Everton, Lucas Henrique e Carlos Gabriel
  • Atacantes: Diego Gonçalves, Vitor Feijão, Pedro Lucas, Nicholas, Everton Santos e Milla
  • Técnico: Márcio Coelho

Provável equipe titular – esquema 4-3-3

Provável Figueirense para o Catarinense 2020 – Foto: Reprodução

O goleiro Sidão, aos 37 anos, traz experiência para a jovem equipe; ele tenta retomada na carreira após um 2019 em baixa;

O lateral Lucas retorna ao Furacão, onde tenta voltar a viver bons momentos na carreira;

Olho nos pontas: Diego Gonçalves e Vitor Feijão; velocidade a favor do Alvinegro;

Saída de Rafael Marques deixa ponto de interrogação no comando do ataque;

Zagueiro Alemão é o ponto forte da defesa.

Destaque

“Retomada” foi o termo que o goleiro Sidão usou quando chegou ao Figueirense. O goleiro tem a confiança do clube e comissão técnica e tenta reeditar os bons momentos que viveu no Audax-SP e no Botafogo.

Aos 37 anos o goleiro traz a experiência necessária para o jovem grupo de jogadores do Alvinegro.

Sidão é apresentado oficialmente pelo Figueirense – Foto: Patrick Floriani/FFC

Contratações para a temporada:

  • Goleiro: Sidão
  • Laterais: Lucas e Sánchez Costa
  • Zagueiros: Victor Oliveira e Rony
  • Volantes: Arouca e Elyeser
  • Meia: Everton
  • Atacantes: Pedro Lucas e Vitor Feijão

Uniforme

Uniformes de 2020 foram desenhados pela torcida – Foto: Figueirense/Divulgação

Estádio

Estádio Orlando Scarpelli é a casa do Figueira – Foto: Diogo Maçaneiro/ND

  • Nome: Estádio Orlando Scarpelli
  • Capacidade: 19.584 pessoas
  • Inauguração: 13 de setembro de 1960
  • Público recorde: 31.098 pessoas

Tabela de jogos (1ª Fase)

  • Figueirense x Juventus – 23/1, às 21h
  • Tubarão x Figueirense – 26/1, às 16h
  • Figueirense x Joinville – 29/1, às 21h30
  • Figueirense x Avaí – 2/2, às 16h
  • Concórdia x Figueirense – 9/2, às 16h
  • Marcílio Dias x Figueirense – 16/2, às 16h
  • Figueirense x Chapecoense – 1/3, às 16h
  • Criciúma x Figueirense – 8/3, às 16h
  • Figueirense x Brusque – 15/3, às 16h

Mais conteúdo sobre