30 anos: a residência geriátrica que é referência na região

Profissionais da saúde comemoram três décadas de avanços na estrutura e em tratamentos de pessoas com necessidades de cuidados especiais

Dona Maria Inês Curcio Simas (dona Zica), fundadora e moradora da residência, comemora os 30 anos de história – Foto: Fotos/DivulgaçãoDona Maria Inês Curcio Simas (dona Zica), fundadora e moradora da residência, comemora os 30 anos de história – Foto: Fotos/Divulgação

Há 30 anos a Grande Florianópolis não tinha uma residência geriátrica que fosse uma referência em cuidados especiais. Foi quando uma família, formada por médico, abriu as portas da própria casa para transformá-la em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), que hoje é referência na região.

A Residência Geriátrica Santa Inês está comemorando, em 2022, 30 anos de muitas realizações. Em três décadas de aprendizado nas melhores práticas de ILPIs, foram dados novos passos e feitas transformações em busca de soluções de saúde para os institucionalizados.

Dra. Margareth Simas Abi Saab, médica geriatra – Foto: Fotos/DivulgaçãoDra. Margareth Simas Abi Saab, médica geriatra – Foto: Fotos/Divulgação

Quem comenta é a médica geriatra Dra. Margarete Simas Abi Saab. “Nós sempre fomos orientados a estudar muito, mas não há em livros o que a experiência nos fornece. Estamos sempre nos atualizando em todos os setores, mas a cada dia há uma nova descoberta no atendimento junto a nossos pacientes”, afirma.

Muitas vezes, a família do institucionalizado não acredita que ele tenha ainda muito tempo de vida. Mas surpresas ocorrem quando ele recebe atenção dos nossos profissionais. “Há casos em que o idoso recupera capacidades físicas e cognitivas, saindo da dependência total para independência em atividades básicas de vida diária. É muito gratificante, e temos exemplos disso”, diz a geriatra.

Em família: Dona Zica com Dr. Leonardo Simas Abi Saab, dermatologista, e Dr. Ricardo de Simas, geriatra da clínica, na comemoração dos 30 anos – Foto: Fotos/DivulgaçãoEm família: Dona Zica com Dr. Leonardo Simas Abi Saab, dermatologista, e Dr. Ricardo de Simas, geriatra da clínica, na comemoração dos 30 anos – Foto: Fotos/Divulgação

Pacientes que voltam a se alimentar depois de trabalhos conjuntos entre nutricionista e fonoaudióloga é um exemplo citado pela especialista. “O prazer de poder colocar o alimento na boca com um talher é indescritível para o paciente e para os profissionais”, diz a Dra. Margarete.

Outro exemplo de situação gratificante citado pela médica é quando o paciente chega à instituição e começa a recuperar seus movimentos, volta a andar, graças ao trabalho de toda a equipe multidisciplinar.

O residencial também oferece tratamentos mais complexos aos hóspedes em situações agudas ou crônicas, como oxigenoterapia e medicação endovenosa, o que evita a transferência para hospitais. “Evitamos ao máximo a internação dos nossos hóspedes em hospitais, pois já constatamos que a atenção de toda nossa equipe de modo personalizado melhora muito a sobrevida de nossos pacientes mais frágeis”, diz a médica.

Muito estudo e dedicação

Profissional trabalhando com residente da Santa Inês – Foto: Fotos/DivulgaçãoProfissional trabalhando com residente da Santa Inês – Foto: Fotos/Divulgação

“Tornamo-nos uma referência porque estudamos muito, buscamos conhecer o paciente em todos os aspectos de sua saúde e mantermo-nos atualizados sempre”, comenta a médica.

“Sempre fomos muito incentivados a estudar; a dedicação aos estudos na área biológica era a coisa mais importante em nossa família. Por isso, hoje somos uma instituição que consegue reunir vários profissionais de referência para desenvolver aqui o seu trabalho. Sempre com a presença e a inspiração de nossa mãe, Maria Inês Curcio Simas (dona Zica), que também é uma hóspede”, conta Dra. Margarete.

“Para toda a equipe é motivo de alegria chegarmos a três décadas de história, sabendo que aquilo que praticamos no dia a dia é para o bem-estar das pessoas; que estamos no mundo para isto, para deixar algo bom, levando bem-estar, saúde, felicidade e uma vida mais humana e alegre aos nossos pacientes”, declara.

Estrutura e inovações aos 30 anos de história

Ao longo de 30 anos, muita coisa mudou na Residência Geriátrica Santa Inês. Quem conta um pouco sobre as inovações para este ano especial é o médico geriatra, Dr. Ricardo de Simas.

“Em 2022 estamos trabalhando com um novo sistema, um software específico para instituições de longa permanência para idosos (ILPIs), que vem para auxiliar a equipe nos diversos serviços”, permitindo um trabalho interdisciplinar de excelência, diz.

Outra novidade é a contratação de uma terapeuta ocupacional, visando completar o quadro da equipe. Atualmente, a instituição conta com profissionais de arteterapia, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, personal sênior e psicologia, que compõem um time que, sob o comando da equipe de enfermagem, pode atender com excelência aos hóspedes. Sem contar, é claro, com os médicos especializados que atuam na residência, dois geriatras, um cardiologista, uma ginecologista e um dermatologista.

Um dos pontos principais entre os investimentos atuais é o processo que está se iniciando, de estudo para ampliação da estrutura, com objetivo de aumentar o número de leitos em 50% (atualmente, são 51 leitos) e modernização de todos os ambientes das áreas comuns e quartos, incluindo novos equipamentos de segurança.

Os avanços não param

Revela o Dr. Ricardo de Simas que, desde 2010, passaram pela Santa Inês em torno de 300 hóspedes. Ele também conta que, entre 2008 e 2010, a área da Residência Geriátrica Santa Inês foi reformada e ampliada, passando de uma área construída de 350 m2 para 1.800 m2, de 16 leitos para 51 leitos, com aquisição de novos equipamentos para todos os ambientes.

Sobre a Residência Geriátrica Santa Inês

Parte das instalações da residência geriátrica – Foto: Fotos/DivulgaçãoParte das instalações da residência geriátrica – Foto: Fotos/Divulgação

A Residência Geriátrica Santa Inês é uma bela e confortável casa de repouso para idosos, com serviços especializados de uma equipe multiprofissional. Além de cuidados especiais, sob supervisão médica e de enfermagem permanentes, oferece atividades recreativas e outros serviços para que os hóspedes e seus familiares tenham uma vida mais confortável e tranquila.

A equipe multiprofissional da Residência Geriátrica Santa Inês reúne-se periodicamente para realizar o cronograma de atividades, onde temas e eventos são planejados para que se adote uma condução conjunta de ações.

Na oportunidade são programados também passeios externos e festas entre os hóspedes ou com os familiares, aniversários e datas comemorativas como Páscoa, São João, Primavera, Natal e Carnaval.

RESIDÊNCIA GERIÁTRICA SANTA INÊS

Rua 15 de Novembro, 263, Estreito – Florianópolis, SC – 88075-220

(48) 3025-9500

(48) 9105-9500

FacebookInstagram

www.santainesresidencia.com.br/

Dr. Ricardo de Simas – Diretor – MÉDICO GERIATRA

CRM/SC 3667 RQE 1082

Dra. Margarete Simas Abi Saab – MÉDICA GERIATRA

CRM/SC 2266 RQE 1793

+

Saúde Mais

Loading...