56% das cidades de Santa Catarina registram casos de Covid-19

Dos 295 municípios catarinenses, há confirmação de casos em 166 deles; o número de mortes é de 79, em 40 cidades

Desde o começo da pandemia do novo coronavírus, 56% dos municípios catarinenses já registraram casos confirmados da doença. De acordo com os dados repassados no boletim do Governo de Santa Catarina, até a noite da sexta-feira (15), 166 municípios, dos 295 que compõem o Estado, estavam com ao menos um caso de Covid-19. Ao todo, SC contabiliza 4.562 pacientes com teste positivo.

Florianópolis registra 466 casos confirmados de Covid-19 – Foto: Anderson Coelho/ND

A capital do Estado é a cidade com maior números de casos confirmados, são 466 pacientes com Covid-19, em Florianópolis. Chapecó, a maior cidade da região Oeste ocupa a segunda colocação com 446 em casos. Na sequência, das cidades com maio número de confirmações estão Blumenau com 415, Joinville com o registro de 295 casos, Criciúma com 275, Concórdia contabiliza 241, Balneário Camboriú registra 176, Itajaí soma 166, Navegantes tem 145 e Braço Norte é a décima colocada com 109 confirmações.

Em relação ao sexo, dos 4.562 casos, 53,79% são mulheres e 46,21% homens. A faixa etária com maior números de casos é entre 30 e 39 anos.

Cidades com mais casos:

1º Florianópolis: 466

2º Chapecó: 446

3º Blumenau: 415

4º Joinville: 295

5º Criciúma: 275

6º Concórdia: 241

7º Balneário Camboriú: 176

8º Itajaí: 166

9º Navegantes: 145

10º Braço Norte: 109

Óbitos registrados

O percentual de mortes confirmadas no Estado é de 13,6%.  Ao todo, Santa Catarina confirma 79 óbitos ocorridos em 40 municípios. Segundo dados do painel do governo estadual, publicados na sexta-feira (15), a cidade de Joinville, no Norte de SC, contabiliza o maior número, são 10 mortes confirmadas.

Leia também:

Florianópolis está sem segundo na lista com seis mortes. Criciúma no Sul do Estado registra cinco mortes. Antônio Carlos e Concórdia registram quatro óbitos. Já Blumenau, Camboriú, Itajaí, Sombrio e Tubarão registram três mortes.

No gráfico, a informação é de que 56,96% dos óbitos são homens e 43,04% mulheres. As faixas etárias com maior número de ocorrências é de 60 a 69 anos e de 70 a 79 anos. Em cada uma das faixas foram registradas 18 mortes.

Recuperados

Entre os 4.564 confirmados, o balanço destaca que 2.516 pessoas já se recuperaram da doença e 1.967 estão em acompanhamento.

+

Saúde