A Irmandade não vendeu o Hospital de Caridade, diz provedor

Eduardo Dutra da Silva esteve no Grupo ND e reforçou que o Hospital de Caridade, em Florianópolis, foi arrendado e não vendido ao Hospital Care Caledonia, de São Paulo

O provedor da Irmandade Senhor Jesus dos Passos, Eduardo Dutra da Silva, visitou na tarde de ontem (01), o Grupo ND. Ele fez uma avaliação do arrendamento do IHC (Imperial Hospital de Caridade), até então mantido e gerenciado pela Irmandade, ao grupo de saúde Hospital Care Caledonia, de São Paulo.

Hospital de Caridade, em Florianópolis, foi arrendado a um grupo privado de SP – Foto: Leo Munhoz/NDHospital de Caridade, em Florianópolis, foi arrendado a um grupo privado de SP – Foto: Leo Munhoz/ND

Durante a visita, o provedor da Irmandade, fez questão de reforçar que o hospital não foi vendido. “A Irmandade não vendeu o hospital, ela arrendou, como se fosse uma aluguel. E a IHC vai ter alguns benefícios ao longo desse contrato com o Hospital Care”, disse Silva.

A concessão será feita ao Hospital Care, por 30 anos, e o grupo arrendatário pagará cerca de R$ 50 milhões, segundo apurado pelo colunista do Grupo ND, Moacir Pereira, em parcelas para redução e liquidação do passivo, e também deve investir outros R$ 50 milhões em reformas, manutenções e afins.  “Não posso mostrar as bases do contrato, mas foi um contrato muito bem feito”, garantiu.

No dia 16 de abril o Cade (Conselho Administrativo de Segurança Econômica) aprovou o processo de arrendamento do hospital por parte da holding administradora de serviços de saúde.

Segundo Silva, foram três anos e meio de negociação e a proposta se apresentou irrecusável diante da situação financeira em que atravessa o IHC.

Aprovado em assembleia

O arrendamento foi aprovado, por unanimidade, pela mesa administrativa e pelo Conselho Pleno, como também na assembleia geral da Irmandade, que contou com a presença de 60 pessoas. Foram três votos contrários à transação financeira. “Eles acham que o hospital não precisava disso, mas o hospital estava falido”.

De acordo com o provedor, o Caridade estava em processo de falência e o risco de fechar era iminente, já que a dívida ultrapassada os R$ 250 milhões.

“Se nós não saíssemos do hospital, a dívida teria que ser rateada entre todos os irmãos. E não tínhamos essa quantia. A sobrevivência do hospital está nesse arrendamento. E evita o prejuízo que se o hospital fechasse”, reforçou Blasco Barcellos, que é membro da Irmandade.

Para o provedor da Irmandade, a expertise do Hospital Care – que também administra o hospital Baía Sul, em Florianópolis – foi preponderante para o acerto do acordo de arrendamento.

Eduardo Dutra e Blasco Borges estiveram no Grupo ND e confirmaram o arrendamento do hospital – Foto: Leo Munhoz/NDEduardo Dutra e Blasco Borges estiveram no Grupo ND e confirmaram o arrendamento do hospital – Foto: Leo Munhoz/ND

“O Care tem dez hospitais em sua rede. Estamos passando para uma empresa que é especialista em administrar hospital”, disse Eduardo, ao lembrar que o grupo arrendatário usará o mesmo modelo de gestão praticado na unidade hospitalar Santa Casa de Misericórdia, em Campinas (SP), que também era mantida por uma instituição beneficente.

Segundo Eduardo da Silva, desde o final de maio, o grupo Hospital Care Caledonia assumiu a gestão do IHC. Com isso, a Irmandade está no comando da organização da procissão, da igreja e do cemitério. Silva está à frente da Irmandade há cerca de quatro anos e pretende concorrer à reeleição no próximo dia 18 de junho.

Hospital Care Caledonia

Procurado pela reportagem, o grupo de saúde Hospital Care Caledonia preferiu não se pronunciar. Em setembro do ano passado, o Hospital Baía Sul e a Clínica Imagem, que fazem parte da holding, divulgaram uma nota após a assembleia da Irmandade Senhor Jesus dos Passos que aprovou o acordo.

“Em caso de aprovação pelos órgãos reguladores, o grupo fará investimentos relevantes na estrutura física do hospital para aprimorar ainda mais a qualidade dos serviços de saúde prestados pela entidade bicentenária”, diz o documento, assinado pelo diretor-presidente, Sérgio Marcondes Brincas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde