Cegueira pode ser revertida em até 80% dos casos, diz OMS

SC no Ar desta quarta-feira (21) recebeu o presidente da Associação Catarinense de Oftalmologia, Ayrton Ramos, que falou sobre a campanha Abril Marrom e a importância da prevenção

Há cerca de 1,2 milhão de pessoas cegas no Brasil, conforme a Associação Catarinense de Oftalmologia. Este número poderia ser menor se houvesse um diagnóstico e tratamento precoce da doença. Segundo a Organização Mundial de Saúde, a cegueira pode ser revertida em até 80% dos casos que têm acompanhamento médico desde os primeiros sintomas.

Na manhã desta quarta-feira (21), o SC no Ar recebeu o presidente da Associação Catarinense de Oftalmologia, Ayrton Ramos, que falou sobre a campanha Abril Marrom A iniciativa tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce de doenças da visão.

“A gente sempre fala que prevenir é melhor do que remediar e a melhor prevenção, no caso da oftalmologia, é as pessoas procurarem o médico oftalmologista. É numa consulta oftalmológica que o médico consegue identificar doenças como o glaucoma, que não dá sintomas e quando a pessoa percebe que tem o problema de visão, muitas vezes, já é tarde e o tratamento é difícil”, destaca Ramos.

O oftalmologista alertou também para as deficiências oftalmológicas em crianças. Existem alguns sinais que podem indicar a presença de problemas na visão dos pequenos, entre eles a dor de cabeça, dificuldades na escola e desatenção até mesmo na hora de brincar.

Confira a entrevista na íntegra!

+

SC no ar – Entrevistas