Moacir Pereira

Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Acaert: “Profundo pesar pela morte de Rogério Pereira Pir

Nota assinada pelo presidente Silvano Silva destaca as qualidades do profissional e empresário falecido

A Acaert -Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão- divulgou nota de pesar, em que transmite os sentimentos de profunda tristeza que se abate entre os radio difusores de Santa Catarina pelo falecimento de Rogério Pereira, Pirata, ocorrido hoje em Curitiba.

A manifestação destaca as qualidades e o caráter empreendedor do radialista e empresário falecido e das relações que mantinha no setor e na comunidade serrana e catarinense.

A nota assinada pelo Presidente Silvano Silva,  tem o seguinte teor:

    “É com imensa tristeza que a Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão – ACAERT recebe a informação do falecimento na manhã deste sábado (17) do radiodifusor Rogério Pereira, o Pirata, vice-presidente regional para o planalto serrano da ACAERT, sócio das rádios Nevasca e Difusora de São Joaquim.

Pirata tinha 75 anos e estava internado desde o dia 22 de março em Curitiba, no Paraná, onde recebia tratamento intensivo contra à COVID-19. O corpo deve ser cremando ainda neste fim de semana na capital paranaense.

Neste momento, as palavras são insuficientes para definir a importância do Pirata não só para a radiodifusão, mas para todo o planalto serrano. Empresário, visionário e motivador, Rogério Pereira ajudou a desenvolver a comunicação, o setor de produção de maça, o turismo e a Serra Catarinense como um todo.

Hoje a radiodifusão perde uma de seus maiores expoentes. Um homem que só os superlativos são capazes de definir. Grande em tudo, no tamanho, no carisma, no profissionalismo e principalmente, uma pessoa de uma enorme generosidade e um coração gigante.

Em nome da radiodifusão catarinense, manifestamos o nosso profundo pesar e solidariedade aos nossos associados, aos colaboradores da emissora, mas especialmente aos filhos Marcelo, Rejane e Ana, além dos netos, que recentemente também perderam Dona Ana Bittencourt Pereira, esposa do Pirata, que também partiu por consequências do coronavírus.

Como fizemos desde o primeiro dia da internação do Rogério Pirata, pedimos mais uma vez uma corrente de orações em nome do Pirata, da Dona Ana e todos os familiares, que certamente vão acompanhar emocionados todas as homenagens que lhe serão honrosamente prestadas.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.