Prefeito de Joinville diz que vai se vacinar contra a Covid-19 e defende imunização

Adriano Silva afirma que vai tomar vacina contra Covid-19 e menciona eficácia de 20 a 60% da imunização contra gripe

O prefeito de Joinville, Adriano Silva (Novo), respondeu uma pergunta que, segundo ele, vem sendo comum nos últimos dias. “As pessoas perguntam se eu vou tomar a vacina. Sim, eu vou tomar, de acordo com a categoria, quando chegar o meu momento”, afirmou o chefe do executivo joinvilense em transmissão ao vivo realizada no Instagram nesta quinta-feira (14).

Prefeito Adriano Silva participou de coletiva de imprensa nesta quinta-feira (14) sobre vacinação na cidade – Foto: Rogério da Silva/Prefeitura de JoinvillePrefeito Adriano Silva participou de coletiva de imprensa nesta quinta-feira (14) sobre vacinação na cidade – Foto: Rogério da Silva/Prefeitura de Joinville

Adriano defendeu a vacinação citando a eficácia da vacina contra a gripe. “Eu tomo a vacina da gripe todos os anos. Muitas vezes a gente nunca se questionou sobre a eficácia da vacina da gripe. Ela varia de 20 a 60% de eficácia”, avaliou o prefeito.

Para Adriano Silva, não há dúvidas em relação aos dados e que a vacina (Coronavac) é segura. “As pessoas devem procurar para sua segurança e dos familiares”, argumentou o prefeito, mencionando também a eficácia da vacina Coronavac.

“Por exemplo, se o governo federal mandar a Coronavac, ela tem 50% (de eficácia). Significa que metade das pessoas não vai pegar coronavírus. E da outra metade, 80% vão ter só sintomas de uma gripe leve e os 20% passam a nem precisar ser hospitalizados”, finalizou Adriano.

Coronel Armando: “Eu devo tomar a vacina, sim”

Deputado federal com base eleitoral em Joinville, o bolsonarista Coronel Armando afirmou que deve tomar a vacina contra o coronavírus. “Eu estou em dúvida sobre qual e vou esperar mais um pouco (para decidir)”, afirmou o parlamentar de 63 anos, que disse não estar nos primeiros grupos que serão vacinados.

Deputado Coronel Armando (PSL) tem sido aliado do presidente Jair Bolsonaro desde o início do mandato – Foto: YouTube/ReproduçãoDeputado Coronel Armando (PSL) tem sido aliado do presidente Jair Bolsonaro desde o início do mandato – Foto: YouTube/Reprodução

Para o parlamentar catarinense, é preciso que a população analise com cuidado possíveis efeitos da vacina e contraindicações. Armando também disse que a “pressa pela vacina está politizada” e questionou os custos da Coronavac, que chegou ao Brasil pelo Governo de São Paulo, comandado pelo governador João Dória (PSDB), rival político do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Nesta quinta-feira (14), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que a vacinação inicia no Brasil na próxima quarta-feira (20). Segundo o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, que participou de uma reunião com o ministro, a imunização do país contará com 2 milhões de doses da vacina Astrazeneca, que deve desembarcar no país na segunda-feira (18), além das 6 milhões de doses da Coronavac.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde