Agência americana autoriza vacinação contra Covid-19 em bebês a partir dos seis meses

Autorização foi divulgada nesta sexta-feira (17) com uso de duas vacinas para crianças de seis meses a cinco anos

A FDA (agência reguladora de medicamentos e alimentos dos Estados Unidos) trouxe uma boa notícia para pais que pretendem vacinar seus bebês contra Covid-19. Isso porque a agência liberou nesta sexta-feira (17) o uso de duas vacinas contra a doença em crianças de seis meses a cinco anos.

As vacinas foram autorizadas para crianças de seis meses a cinco anos – Foto: João Pedro Bressan/Prefeitura de Caxias do Sul/Reprodução/NDAs vacinas foram autorizadas para crianças de seis meses a cinco anos – Foto: João Pedro Bressan/Prefeitura de Caxias do Sul/Reprodução/ND

Apesar de divulgada, a decisão ainda precisa ser confirmada pelo CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças). A entidade ainda está avaliando os resultados dos ensaios clínicos. A expectativa é que a decisão saia até este sábado (18).

Qual cenário das internações em SC?

A internação por Covid-19 entre as crianças têm aumentado. No Estado, 48 crianças entre zero e nove anos já perderam a vida por conta da Covid-19. As informações são da epidemiologista e gerente da Vigilância Epidemiológica de Florianópolis, Ana Cristina Vidor. A profissional afirma que os dados apontam a importância das doses.

“Neste contexto de aumento das doenças respiratórias, hospitais lotados e baixíssima adesão às medidas não farmacológicas, como uso de máscaras é extremamente importante que as crianças pequenas recebam proteção adicional”, explicou.

De acordo com a médica, a divulgação da medida confirma a eficácia da vacina nas crianças pequenas em hora muito oportuna. Ela aponta ainda que a Capital está aguardando a avaliação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para começar a vacinação deste público.

UTIs lotadas

O Grupo ND tem acompanhado o crescente aumento no número de pacientes aguardando por um leito de UTI em Santa Catarina. As internações e atendimentos, conforme os números da SES, estão crescendo diariamente.

No Brasil, a vacinação para esse grupo ainda não está aprovada. Atualmente, a faixa etária entre zero e cinco anos se tornou a de maior risco de hospitalização pela doença, excetuando a população acima de 60 anos, segundo análise da Fiocruz.

Em novembro, esse grupo não representava 5% dos casos semanais de Srag (Síndromes Respiratória Aguda Grave) por Covid-19 no país. De abril em diante, ele passou a responder por até 15% dos registros.

A divulgação da FDA, aponta que estes bebês irão receber doses das vacinas Moderna e Pfizer contra a Covid. Segundo a Agência de Notícias AFP, se aprovada pela CDC a vacinação começa já na próxima semana.

Esquema de vacinação

De acordo com a divulgação da agência americana, a vacina Moderna será aplicada em duas doses. O intervalo será de um mês.

A vacina da Pfizer será administrada em um ciclo de três injeções: duas com intervalo de três semanas e a terceira dois meses após a segunda.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...