“Ainda estamos na subida da curva”, diz diretora de Saúde de Chapecó

Cidade registrou 59 novos casos de Covid-19 em 24h e já soma 636 pacientes infectados pela doença, com duas mortes

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou 59 novos casos de coronavírus em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, nas últimas 24 horas. Agora, o município totaliza 636 pacientes infectados, segundo os dados atualizados manhã desta terça-feira (19). Em pouco mais de 20 horas, a cidade registrou as duas primeiras mortes por Covid-19.

Chapecó registrou duas mortes em menos de 20 horas – Foto: Willian Ricardo/NDChapecó registrou duas mortes em menos de 20 horas – Foto: Willian Ricardo/ND

A pandemia segue em aceleração, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. A projeção é de aumento no número de mortes e de casos confirmados. A cidade pólo do Oeste lidera o ranking no Estado de pacientes infectados, sendo seguida pela capital Florianópolis. 

“Acreditamos que pelos números, ainda estamos na subida da curva, não chegamos ao topo, ainda teremos mais casos positivos, sim”, disse a diretora técnica da Secretaria da Saúde, Aldarice Pereira da Fonseca, em entrevista à rádio Condá FM, na manhã desta terça-feira (19). 

Leia também: 

Com a aproximação do inverno e das baixas temperatura, a diretora técnica diz que a preocupação aumenta, pois inicia a circulação de outros vírus “o que dificulta a situação”. “Teremos bastante trabalho pela frente e acreditamos que até a metade de junho teremos os números subindo. Pode ser que não, vamos ver o que vai acontecer com a população”, salientou Aldarice sobre a preocupação. 

Duas mortes no Capital do Oeste  

Neste início de semana, Chapecó registrou as duas primeiras mortes causadas pelo novo coronavírus. O primeiro caso ocorreu na noite de domingo (17), quando um idoso de 85 anos morreu na UTI do Hospital Regional do Oeste. Ele estava internado há 23 dias na ala de tratamento para pacientes infectados pelo vírus, e já possuía outras comorbidades. 

A segunda morte foi confirmada na tarde de segunda (18), quando uma idosa de 81 anos faleceu no HRO vítima do novo coronavírus. Ela já tinha outras comorbidades. O município não divulgou mais detalhes. 

Segundo a diretora técnica, a Secretaria de Saúde já esperava o registro de mortes por conta da doença no município. Contudo, durante a entrevista, salientou a importância da prevenção ao contágio. “O trabalho continua mesmo com essas duas mortes, com certeza teremos outras mortes de pacientes que estão na UTI. Em geral são pacientes mais idosos, com algumas doenças. Porém, está sendo feito um grande trabalho no sentido de tranquilizar a população e tentar reduzir o contágio desta doença, pois sabemos que ele é grande”, explicou Aldarice Fonseca.

Secretaria descarta colapso no sistema de saúde 

De acordo com dados da Secretaria de Saúde, atualizados nesta manhã, a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) é de 36% na rede pública e privada de Chapecó. O número representa 3% a menos do que o dia anterior. Com relação aos leitos de enfermaria, a taxa saltou de 4% para 6%.

Dados atualizados nesta terça-feira – Foto: Ascom/NDDados atualizados nesta terça-feira – Foto: Ascom/ND

Conforme a diretora técnica, até o momento os índices de internação hospitalar estão dentro do esperado pelo município. “Todos os serviços estão preparados, estão dando conta. O número de leitos ainda não chegou a um nível preocupante”, destacou Aldarice. 

O Prefeito de Chapecó, Luciano Buligon (PSL), vai se reunir às 16h desta terça com o Governador do Estado, Carlos Moisés (PSL) para tratar sobre o avanço da pandemia no município. “O prefeito está em contato com o governador no sentido de ampliar o nosso número de leitos no Hospital Regional para que nós consiga dar conta de atender toda essa população”, comentou. 

“As pessoas tem que tomar consciência e fazer sua parte. A Secretaria de Saúde tem mais de mil funcionários trabalhando nesta questão, nas unidades básicas de saúde, fazendo acompanhamento de cada pessoa que vai fazer o teste, que está sendo considerado suspeito, assim como das pessoas confirmadas”, completou Aldarice.

Índices 

O boletim divulgado nesta terça pela Vigilância Epidemiológica mostra que as mulheres são as mais infectadas pelo coronavírus no município, com 353 diagnósticos positivos. A maioria dos pacientes com Covid-19 possuem idades entre 20 e 59 anos. 

Confira:

Faixa etária – Foto: Ascom/NDFaixa etária – Foto: Ascom/ND

Curva epidêmica dos casos confirmados e evolução óbitos

Dados de Chapecó 19/05/2020 – Foto: Ascom/NDDados de Chapecó 19/05/2020 – Foto: Ascom/ND

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...