Anúncio de “lockdown parcial” causa lotação em supermercados de Chapecó

Prefeito esclareceu que os mercados não serão fechados com a nova medida que deve ser oficializada ainda nesta segunda-feira (22); lojas, shoppings, academias e outros estabelecimentos serão afetados

Após o anúncio de um possível “lockdown parcial” para os próximos dias em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, inúmeras pessoas se aglomeraram em supermercados do município.

Pessoas se aglomeraram no supermercado – Foto: Reprodução/NDPessoas se aglomeraram no supermercado – Foto: Reprodução/ND

Um morador de Chapecó, que não quis se identificar, chegou a flagrar aglomerações e filas em um dos maiores supermercados da cidade. “O que vi foi aglomeração, pessoal não respeitava a distância na fila, até então não estava tendo controle de gente entrando, depois quando sai começaram a controlar”, disse.

O vice-presidente regional da Acats (Associação Catarinense de Supermercados), Marcos Luiz Ansolim, informou que a Acats junto com a Vigilância Sanitária Estadual desenvolveu um protocolo de segurança contra a Covid-19 e os supermercados vem adotando esse protocolo.

“O que a gente pede agora é que os supermercados intensifiquem os cuidados de higienização e de aglomeração de pessoas. Tenham cuidado e restrinjam a entrada de pessoas para no máximo duas por família”.

Filas se formam nos supermercados da cidade. – Foto: ReproduçãoFilas se formam nos supermercados da cidade. – Foto: Reprodução

Ansolim lembrou que os supermercados são considerados atividades essenciais e, por isso, não fecham. “Se tiver o decreto, as pessoas não precisam se preocupar e ir todas ao supermercado porque não vai fechar”.

O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, alertou que não é necessário aglomerações em supermercados. “Nós estamos discutindo ainda o decreto, mas uma coisa é certa, mercado não fecha”, finalizou.

Fila se formou do lado de fora de um dos supermercados:

Frear o contágio

A medida de lockdonw parcial, de acordo com o prefeito, é para tentar frear o avanço da pandemia de coronavírus na maior cidade do Oeste de Santa Catarina. O município registrou 14 óbitos nas últimas horas e alcançou a marca de 202 mortes pela doença. A decisão deve ser anunciada até o fim da tarde desta segunda-feira (22) com início imediato.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde