Prefeito de Chapecó fala após alerta de colapso na saúde

Município vive um aumento de infecções e mortes em decorrência do novo coronavírus

O prefeito Luciano Buligon (PSL) e a equipe da Secretaria Municipal de Saúde atualizam, nesta manhã de sexta-feira (27), a situação do novo coronavírus em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina.

Chapecó registra aumento no número de mortes pela Covid-19- Foto: Reprodução/NDChapecó registra aumento no número de mortes pela Covid-19- Foto: Reprodução/ND

Para esta transmissão ao vivo, realizada pela página no Facebook da Prefeitura de Chapecó. 

Chapecó vive um aumento no número de pacientes infectados e de mortes em decorrência do novo coronavírus. Desde 1° de novembro até essa quinta-feira (26), mais de 1,9 mil contaminações foram registradas na cidade e dez mortes. 

Na zona de risco  gravíssima, Chapecó está a beira de um colapso no sistema da saúde, conforme médicos, que acompanham um aumento no número de internações. 

No setor do Covid-19 do Hospital Regional do Oeste há 54 pacientes internados, destes 31 em leitos de UTIs e 23 em enfermaria. 

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde