João Paulo Messer

messer@ndtv.com.br Política, economia, bastidores e tudo que envolve o cotidiano e impacta na vida do cidadão de Criciúma e região.


Após as mortes por Covid-19, agora outro vírus assusta e já causou 28 óbitos em SC

Levantamento divulgado pela Vigilância Epidemiológica de SC alerta para as consequências do vírus da influenza e suas variantes

Um levantamento feito pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC) causa preocupação às autoridades. Dados de uma pesquisa realizada entre os dias 26 de dezembro de 2021 e o dia 7 de maio de 2022 revela que foram confirmados 157 casos de influenza.

A melhor forma de combater o risco é a vacina. – Foto: DivulgaçãoA melhor forma de combater o risco é a vacina. – Foto: Divulgação

Os casos de influenza apurados estão divididos em 156 registros da influenza tipo “A” e apenas um caso como influenza tipo “B”. Já nos casos de tipo “A” são 113 diagnosticados como H3N2 (72,4%), 42 foram subtipados (26,9%), e somente um foi classificado como H1N1 (0,6%).

Do total de casos confirmados em SC, 28 provocaram a morte das pessoas.

Loading...