Após aumento de casos da Covid-19, Chapecó adota novas ações

O município ultrapassou os mil casos ativos da doença e conta com 84 pacientes internados; mais de 17 mil casos já foram confirmados na cidade

Com o crescimento no número de casos ativos da Covid-19 em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, o prefeito João Rodrigues, tomou novas medidas de enfrentamento. Durante live na tarde desta quinta-feira (4), informou que o município adotou novas ações.

As novas medidas foram anunciadas em live nesta quinta-feira (4). – Foto: Leandro Schmidt/Prefeitura de Chapecó/NDAs novas medidas foram anunciadas em live nesta quinta-feira (4). – Foto: Leandro Schmidt/Prefeitura de Chapecó/ND

Segundo o prefeito, shows, eventos e apresentações de música ao vivo estão proibidas a partir desta sexta-feira (5). Outra mudança será no horário de atendimento de bares, restaurantes e similares. Eles poderão atender somente até às 23h. As restrições terão, a princípio, duração de uma semana. O decreto deve ser publicado nesta sexta-feira.

João Rodrigues informou a abertura de 10 novos leitos de UTI Covid-19, cinco a mais do que foi anunciado nesta semana. A previsão de ativação dos leitos é na próxima segunda-feira (8).

Pandemia

O maior município do Oeste chegou, nesta quinta-feira, a 1.030 casos ativos da doença. Em 24 horas o aumento foi de 234 casos. Outros 801 pessoas aguardam o resultado de exames e, por isso, são considerados suspeitos. Ao todo, Chapecó conta com 17.106 casos confirmados desde o início da pandemia.

O número de pacientes hospitalizados é de 84, sendo 41 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 43 em enfermaria. No HRO (Hospital Regional do Oeste), o maior da região, a ocupação de leitos para tratamento contra a Covid-19 está em 100%.

Boletim Epidemiológico desta quinta-feira. – Foto: Reprodução Prefeitura de Chapecó/NDBoletim Epidemiológico desta quinta-feira. – Foto: Reprodução Prefeitura de Chapecó/ND

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde