Após polêmica, como fica a vacinação de adolescentes contra Covid-19 em Joinville?

Entenda a discussão e saiba como fica a campanha de vacinação dos adolescentes na maior cidade de SC

Como fica a vacinação de adolescentes contra a Covid-19 em Joinville? É isso que muitos pais joinvilenses têm se perguntado com a polêmica iniciada na quarta-feira (15), após o Ministério da Saúde recomendar a não imunização dos adolescentes sem comorbidades.

Em coletiva de imprensa na tarde de quinta (16), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que o pedido de suspensão tem, entre os motivos, a falta de “comprovações científicas sólidas” da segurança da vacina para este público.

Ministério da Saúde recomendou não vacinar adolescentes sem comorbidades – Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência BrasilMinistério da Saúde recomendou não vacinar adolescentes sem comorbidades – Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/Agência Brasil

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) investiga uma suspeita de reação adversa grave em uma adolescente que morreu no Brasil após receber a vacina da Pfizer, única aprovada para o grupo.

No entanto, a agência informou que não é possível, ainda, comprovar que a morte está relacionada à vacina e destacou que não há evidências que apontem a necessidade de alterar a indicação do uso da Pfizer para as pessoas entre 12 e 17 anos.

E foi justamente com base em um posicionamento da OMS (Organização Mundial da Saúde), que também recomenda a aplicação em adolescentes tendo em vista os testes que demonstram alta eficácia e boa segurança da Pfizer para este grupo, que Santa Catarina decidiu manter a vacinação.

SC mantém vacinação de adolescentes contra Covid-19 – Foto: Carlos Jr/NDSC mantém vacinação de adolescentes contra Covid-19 – Foto: Carlos Jr/ND

Após deliberação da CIB (Comissão Intergestora Bipartite), que reúne gestores estaduais e municipais, o Estado informou que a vacinação dos adolescentes continua, priorizando portadores de comorbidades, deficiência permanente, gestantes, puérperas, lactantes e sob medidas sócio educativas.

A comissão ainda votou por elaborar um documento pedindo ao Ministério da Saúde que reconsidere a decisão de suspender a vacinação dos adolescentes. Segundo o ministro, a sugestão de rever a campanha para o grupo foi do presidente Bolsonaro.

Dessa forma, de acordo com decisão tomada pela CIB, Joinville mantém a vacinação dos adolescentes. A campanha vacinou 2.993 pessoas entre 12 e 17 anos, segundo o Painel Covid, e aguarda a chegada de doses para abrir novos agendamentos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...