Atriz recusa vacina da AstraZeneca no Rio de Janeiro

Fernanda Torres teria ido a um hospital para receber a 1ª dose do imunizante contra Covid-19, mas desistiu quando soube qual seria a vacina aplicada

A atriz Fernanda Torres, de 55 anos, teria rejeitado tomar a vacina da AstraZeneca contra Covid-19, nesta quinta-feira (10), em um hospital do da Zona Sul do Rio de Janeiro. Segundo a colunista Fábia Oliveira, do portal O Dia, a artista buscava se imunizar com a Pfizer.

Fernanda Torres teria ido se vacinar em um hospital do Rio de JaneiroFernanda Torres teria ido se vacinar em um hospital do Rio de Janeiro – Foto: Facebook/Reprodução/ND

Torres teria chegado ao Hospital Municipal Rocha Maia, no bairro Botafogo, nesta quinta. A atriz, contudo, deixou o local ao saber qual imunizante que estava sendo aplicado na unidade.

A justificativa seria o medo da reação causada pela vacina produzida pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz). Ela saiu em busca de outro ponto de vacinação.

Todas são eficazes

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), todas as vacinas aprovadas para uso são eficazes contra o novo coronavírus.

De acordo com o infectologista Pablo Sebastian Velho, em entrevista à repórter do ND+

Elas podem variar conforme o modo pelo qual elas são produzidas e funcionam no organismo.

As sensações momentâneas causadas pelo imunizante Oxford/AstraZeneca, segundo o médico, acontecem pelo seu mecanismo de atuação. É que ela tem um vetor viral como componente, o que faz com que o corpo tenha que reagir à vacina duas vezes: primeiro contra esse vetor e depois contra o material genético do vírus.

+

Saúde