Balneário Camboriú veta projeto de distribuição de absorventes e anticoncepcionais

Prefeitura pretende lançar um novo projeto; veto aconteceu após parecer jurídico realizado pela Procuradoria Geral

O projeto “Borboleta de Menarca” que pretendia distribuir de forma gratuita absorventes higiênicos para mulheres em vulnerabilidade social foi vetado pela prefeitura de Balneário Camboriú após parecer jurídico realizado pela Procuradoria Geral do município.

Prefeitura pretende lançar projeto para distribuição de absorventes e anticoncepcionais – Foto: Pixabay/Reprodução/NDPrefeitura pretende lançar projeto para distribuição de absorventes e anticoncepcionais – Foto: Pixabay/Reprodução/ND

De acordo com a prefeitura, o projeto “tinha vício de origem, por isso não poderia ser proposto pelo legislativo”. O executivo municipal informou ainda que, através do Programa Bem-Estar da Família, já realiza a distribuição de produtos de higiene para mulheres e famílias de baixa-renda.

A prefeitura de Balneário Camboriú pretende lançar nos próximos dias o projeto “Novo Ciclo” que, além de distribuir absorventes para jovens em situação de vulnerabilidade social, vai disponibilizar um aplicativo para tirar dúvidas e acompanhamento psicológico.

No projeto “Novo Ciclo” da prefeitura, a distribuição de absorventes deve acontecer no CRAS (Centros de Referência de Assistência Social).

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...