Chapecó cai para estado grave da Covid-19 e esporte amador coletivo será liberado

Prefeitura foi informada sobre a situação e a classificação estadual deve ser atualizada ainda nesta quarta-feira (9)

Após a decisão da  1ª Vara da Fazenda Pública de Chapecó, que suspendeu parcialmente o decreto municipal que liberava a prática de esporte amador, a situação ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira (9). 

O secretário de Comunicação Social de Chapecó, Fernando Mattos, informou que a classificação epidemiológica será reclassificada ainda nesta quarta-feira na plataforma estadual. Ele afirmou que município caiu do estágio gravíssimo (vermelho) para grave (laranja) risco de transmissão da Covid-19. 

Chapecó cai para risco grave e esporte amador coletivo será liberado – Foto: Paulo Monauar/ADR Chapecó/ND

Com isso, a prática de esporte amador em grupos em locais privados pode ser liberada. Um novo decreto municipal deve ser editado nesta quarta pelo município com as regras. A situação ainda não foi atualizada na plataforma estadual.

O juiz Rogério Carlos Demarchi, titular da comarca local, suspendeu no fim da última semana à prática de esportes coletivos amador em locais privados. O magistrado entendeu que o decreto municipal se sobrepõe a Portarias da Secretaria Estadual de Saúde n. 626/2020 e 664/2020, de 21 de agosto de 2020, que mantém suspensas as atividades esportivas coletivas de caráter amador recreativo.

O nd+ obteve com exclusividade a situação de cada região, veja: 

  • São três regiões em estágio gravíssimo, o que representa 19% das regiões de saúde em situação de máximo risco.
  • Duas foram reclassificadas do risco grave para gravíssimo: Alto Vale do Rio do Peixe e Laguna. 
  • São 12 as regiões no risco grave, o que representa 75% das regiões de saúde na situação de risco.   
  • Diminuíram o Risco: quatro regiões foram reclassificadas do gravíssimo para o grave:  Alto Vale do Itajaí; Carbonífera; Meio Oeste e Oeste.
  • Continuam no estado de alerta: Alto Uruguai Catarinense; Extremo Sul Catarinense; Foz do Rio Itajaí; Grande Florianópolis; Planalto Norte; Médio Vale Do Itajaí; Serra Catarinense e Xanxerê. 
  • Continua em estado de alerta máximo a região Nordeste.
  • Uma região está no nível alto – Extremo Oeste. 
+

Bem-estar