É mulher e não tem orgasmo? Entenda como ritmo e concentração podem te ajudar a chegar lá

No Dia do Orgasmo, comemorado em 31 de julho, muitas brasileiras não têm motivos para celebrar, afinal, nunca experimentaram um; veja como treinar o corpo para sentir prazer

Pode parecer controverso que em pleno século 21 muitas mulheres nunca tenham experimentado um orgasmo.

Segundo a pesquisa Mosaico 2.0, conduzida pela psiquiatra Carmita Abdo, coordenadora do Projeto Sexualidade (ProSex) do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo com apoio da Pfizer, a dificuldade em sentir orgasmo afeta quase metade das entrevistadas (43%).  Muitas dessas brasileiras (32,5%) também sentem dificuldades em se interessar por sexo.

Especialista dá dicas para aproveitar o Dia do Orgasmo neste 31 de julho – Foto: iStock/NDEspecialista dá dicas para aproveitar o Dia do Orgasmo neste 31 de julho – Foto: iStock/ND

Para o psicólogo especialista em sexualidade da plataforma Sexo sem Dúvida, Marlon Mattedi, é comum pensar que fazer sexo e sentir prazer é natural e espontâneo, só que não é bem assim.

“Na verdade, o jeito como cada pessoa vai se sentir disposta para o sexo, ter vontade e desejo influencia para que o orgasmo aconteça. As carícias certas, os toques preferidos, o nível de excitação que cada um precisa, tudo isso é aprendido durante a vida como qualquer outra coisa que se queira aprender a desenvolver”, explica o especialista.

Com o orgasmo é a mesma coisa. Todos os músculos e órgãos estão lá, mas é preciso ensiná-los a funcionar para o prazer. Uma das formas mais fáceis e acessíveis de treinar para ter orgasmos é se masturbando. O sexólogo explica que quando a mulher se toca sozinha, não há preocupação em agradar ninguém e a ansiedade tende a ser menor.

“Desse jeito, você pode se concentrar nas sensações do seu corpo, nas suas fantasias e explorar as próprias sensações por quanto tempo quiser. Estimular-se sozinha é um bom início para os prazeres do sexo”, explica ele.

Confira 5 dicas – realistas – para alcançar o orgasmo:

  1. Entre no clima: a mulher deve explorar algumas fantasias, ou seja, imaginar situações e pessoas excitantes e atraentes.
  2. Fantasie: por mais que a mulher se estimule fisicamente, se não imaginar algo, não existe toque no clitóris que a leve ao orgasmo. O ponto crucial para um orgasmo é o que se passa dentro da cabeça.
  3. Explore o corpo todo: enquanto se acaricia, imagine cenas ou situações prazerosas.
  4. Toque a vulva, a vagina e o clitóris: o que produz orgasmos, seja se massageando ou durante uma penetração, com frequência é o estimulo ao clitóris. Explore de formas variadas: circular, tocar, apertar, subir e descer esfregando, leves batidinhas sobre o clitóris ou em volta dele, por toda a região da vagina também. Encontre a forma que gosta.
  5. Mantenha o ritmo e concentração: É muito importante se concentrar na excitação e principalmente nas sensações de prazer que vão surgindo. Quando estas sensações ficam intensas, o orgasmo acontece. Se preocupar ou ficar ansiosa em buscar o orgasmo deixará tudo mais difícil. Foque na sensação de prazer, e não no orgasmo.

Segundo Marlon, a cobrança, a preocupação e a ansiedade são os principais vilões na busca pelo clímax.

“Esses sentimentos dificultam o relaxamento, e sem relaxamento o orgasmo não acontece. Por isso, prestar atenção no prazer e nas sensações do corpo é o caminho mais fácil e natural para ter prazer.
Relaxe, aproveite a sensação boa e lembre-se de continuar treinando sempre”, finaliza ele.

Loading...