Movimento Vida Feliz: ação coletiva pela internet propõe transformar vidas

- +
Ideia é proporcionar felicidade compartilhando conhecimento. Movimento terá lançamento com show musical e palestras gratuitas

A vida ficou mais difícil com a pandemia, sem dúvida. De repente a Covid-19 se instalou no dia a dia das pessoas de maneira desagradável, lançando dúvidas, ansiedade, inquietações e tristeza. Afinal, ela atinge justamente a saúde, sem perguntar a quem.

Instituto promove ação de bem-estar com live na internet – Foto: ReproduçãoInstituto promove ação de bem-estar com live na internet – Foto: Reprodução

Acaba com expectativas e isso nos leva a uma escuridão profunda de frustrações. Mas, não é assim que tem que ser.

Assim, volta e meia surge alguma iniciativa com o intuito de mudar esse cenário ou de pelo menos trazer algum conforto coletivo. Pois esse ambiente tóxico provocado pela pandemia do novo coronavírus suscitou a criação do “Movimento Vida Feliz”.

Uma iniciativa de um grupo de profissionais de ramos diversos, desde música a ginástica laboral, passando por neurociência, finanças pessoais, nutrição e muito mais.

Como funciona?

Na próxima quarta-feira, 24/09, a partir das 20h, uma live show vai promover o “Instituto Felicidade Existe”, convidando para o “Movimento Vida Feliz”. A iniciativa vai compartilhar o conhecimento de 15 profissionais reconhecidos.

Transformar vidas é um dos objetivos do “Movimento Vida Feliz” – Foto: blog.treinamentoomongeeoexecutivo.comTransformar vidas é um dos objetivos do “Movimento Vida Feliz” – Foto: blog.treinamentoomongeeoexecutivo.com

O objetivo é auxiliar pessoas na transformação de suas vidas. A cantora Ana Morena com seu Trio vai agitar o evento e, a partir daí, serão sete dias com vivências e dicas transformadoras e muita energia positiva. O acesso a todo conteúdo será livre, pela internet.

Para se inscrever e participar, basta clicar aqui!

Nesse período, esse grupo de profissionais envolvidos no movimento dará palestras-cursos gratuitas. No entanto, vale lembrar que haverá arrecadação solidária, cuja renda será direcionada à ONG Gerando Falcões. No último dia do movimento, os organizadores vão divulgar uma série de cursos que serão disponibilizados numa plataforma na internet.

Esses cursos terão um valor para aquisição, sendo que parte da arrecadação também irá para a Gerando Falcões.

O que é?

Trata-se de uma ONG de desenvolvimento social que atua em rede para acelerar o poder de impacto de líderes de favelas de todo país. A ideia é “colocar a pobreza no museu”. Assim, a entidade atua na área de educação com foco nas favelas em 23 estados brasileiros.

Mais de 200 mil pessoas já foram impactadas pela “Gerando Falcões”, bem como 1.545 favelas atendidas.

A ideia é espalhar conhecimento ao mesmo tempo em que se preenche lacunas deixadas nesse período de pandemia. Mas, principalmente, revitalizar a saúde emocional de pessoas em todos os cantos do país.

Como os próprios organizadores dizem, trata-se de “um movimento de transformações, qualidade de vida e muita energia positiva”. Bem que precisamos.