Mundo Maria

Entretenimento, lifestyle, arte e tudo que move o mundo dos influenciadores nas redes sociais.


Nutrição amorosa: Aprenda a amar o seu corpo do jeito que ele é

A boa alimentação está totalmente atrelada ao nosso bem-estar e ao nosso coração; a nutri Anna Heiderscheidt vai nos ensinar várias dicas sobre o assunto

Nutrição, receitas, bem-estar e dicas de emagrecimento são assuntos que vocês curtem bastante ler aqui no Blog Mundo Maria né, segundo enquete no meu Instagram. Aliás, caso não me sigam ainda, corram lá para gente debater mais sobre isso!

Conversando com a nutricionista Anna Heiderscheidt, ela me falou sobre uma pauta que está em alta e que ela própria sugere aos seus pacientes: nutrição amorosa.

A nutricionista que é expert quando a palavra é cuidar do corpo com saúde.A nutricionista Anna Heiderscheidt fala sobre nutrição amorosa – Reprodução; Acervo Anna Heidercheidt/ND

Vamos parar para refletir sobre algumas questões que podem ser determinantes na nossa relação com a alimentação e com o nosso corpo porque isso faz toda a diferença nas nossas vidas. Nutrir o corpo é uma oportunidade de nos cuidar com carinho, em vez de adotar uma postura, muitas vezes inconsciente, de autoagressão.

Pare e pense um pouquinho:

Como tem sido seu comportamento alimentar ultimamente?

Será que a comida virou uma válvula de escape emocional para momentos felizes ou tristes?

Você consegue perceber que entra em um ciclo de frustração e como tudo o que vê pela frente, e depois bate aquela sensação de fracasso por ter feito isso?

Quanto mais desapontados ficamos com o nosso corpo, menos conseguimos ter ânimo parar colocar em prática novos hábitos. Então, antes de tudo, saiba que isso não acontece só com você! Esse tipo de relação com o alimento e com a auto imagem é extremamente comum por causa da cobrança enorme para sermos bonitos, magros, inteligentes, sarados e etc.

Isso ainda se aprofunda, a meu ver, também pela necessidade de exposição nas redes sociais. Quantas fotos de biquíni são tratadas ou reais? Tudo se torna muito difícil quando “sucumbimos” a essa pressão.

É comum termos essa sensação de que não somos bons o suficiente ou merecedores de uma vida e um corpo feliz. E assim depositamos essas frustrações na comida. Nos empanturramos na tentativa de preencher algum vazio que, às vezes, nem sabemos o que é.

Você certamente já deve ter percebido isso no seu dia a dia, não é?

A sugestão que Anna dá é: se permita aproveitar esse momento para refletir e colocar em prática alguns princípios da Nutrição Amorosa, um conceito que ela vislumbrou para pensarmos além do prato. Logo abaixo, vou colocar todas as sugestões de exercícios e afirmações que podem servir de apoio para a nossa saúde de uma forma mais profunda, integrativa e afetiva.

Nutrir-se de boas coisas faz você se sentir melhor.Suco verde com poesia – Reprodução- Instagram Anna Heiderscheidt/ND

Vamos lá Anna, agora quais são os princípios da Nutrição Amorosa?

  • Autorespeito: Você respeita a sua trajetória e sua luta para estar onde está? O autocuidado deve começar por aí: no respeito! Faça uma lista de 5 momentos de superação que você viveu e lembre deles com carinho. Sinta orgulho e admiração pelo esforço e força que teve nesse momentos e lembre deles com frequência, especialmente nas situações em que se sentir para baixo e desanimado (a).

REPITA PARA VOCÊ: Só eu sei o que eu passei para estar aqui hoje. Quem não se ama, não se cuida, e consequentemente, não se nutre verdadeiramente. Faça uma lista de suas melhores qualidades (pelo menos 10), e sinta como elas podem ser fundamentais para a vida de seus familiares e amigos, e para o mundo.

REPITA PARA VOCÊ: Eu tenho qualidades únicas que fazem a diferença na vida das pessoas que eu amo e que contribuem para um mundo melhor.

  • Autoperdão: Todos temos momentos na vida onde falhamos ou não agimos de uma forma que hoje gostaríamos. Para que possamos viver em paz e harmonia, é fundamental perdoar todas essas situações entendendo que nem sempre temos consciência suficiente para acertar sempre nas situações mais difíceis.

REPITA PARA VOCÊ: Eu fiz o melhor que eu pude com os recursos que eu tinha. Perdoo meus próprios erros e falhas, consciente de que serviram de aprendizado para trilhar um caminho diferente e ter a consciência que hoje tenho.

  • Autocuidado: Pense em alguém que você AMA! Pode ser filho, marido, pais, ou até mesmo um animal de estimação. Agora, pense como é a sua relação com este. Você provavelmente orienta e incentiva com carinho, mede as palavras usadas e dá um jeito de achar tempinho do seu dia para dedicar exclusivamente para essa pessoa não é? Se coloque no lugar, porque não fazer isso com você mesmo? Vou dar alguns exemplos que pensei junto com a Maria:

– Nessa semana vou ter um momento só meu em um parque meditando, sozinha!;

  • Tomar um banho de banheira ouvindo a música que eu bem entender, pode ser um jazz, música clássica, folk, soul,R&B, para relaxar;

-vou fazer algo que nunca fiz, uma aula de beach tennis, yoga, aula de dança, de meditação, etc;

-vou marcar de encontrar uma amiga ou amigo que não vejo há muito tempo;

-vou marcar uma massagem relaxante;

Enfim, a lista está nas suas mãos! Só não deixe de cumprir com suas propostas, ok? Assim você não aumenta a sensação de falta de confiança em você mesmo(a). Defina metas que estejam no seu alcance para serem cumpridas.

REPITA PARA VOCÊ: Eu cuido de mim com amor e dedicação. Sou merecedor(a) do meu cuidado e carinho diários. Uma saúde plena deve começar numa boa relação com a comida e com nós mesmos.

“Lembre-se que a comida é uma aliada e não uma inimiga. Quanto mais informações tiver, mais chance tem de fazer melhores escolhas e de transformar alimentos saudáveis em preparações deliciosas. Mas não seja radical. Alimento não é apenas nutriente! É conforto, momento social, lembrança, cultura… Não é um pedaço de bolo que vai fazer você perder a saúde, e sim um conjunto de fatores e escolhas erradas. Procure esse equilíbrio e bom senso em sua vida, sempre buscando fazer boas escolhas por OPÇÃO e por AMOR PRÓPRIO e não por OBRIGAÇÃO. Essa perspectiva faz toda a diferença!”

E aí gostaram desse nosso tema? A minha dica, além de tudo que eu e a Anna já deixamos aqui por escrito é tente sempre manter o equilíbrio e AME-SE.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...