Busca voluntária

No blog do projeto Busca voluntária você encontra boas notícias para inspirar o seu dia.


Programa vai ensinar empreendedorismo a jovens da rede pública; veja como ajudar

A JA Brasil une forças com a StartSe com o objetivo de mobilizar doações de pessoas físicas para a realização do programa JA Startup. O curso, destinado a alunos da rede pública de ensino, vai ensinar empreendedorismo a jovens de todo o País. A iniciativa tem como meta arrecadar R$ 100 mil para capacitar, de forma gratuita, mil estudantes. As pessoas que realizarem doações receberão descontos nos cursos da StartSe.

Leia mais:
Jovem impedida de estudar na USP ganha curso internacional
Startup ensina programação gratuita para mulheres em vulnerabilidade

Os interessados em ajudar o programa que vai ensinar empreendedorismo a jovens podem doar qualquer valor. No entanto, os organizadores ressaltam que são necessários R$ 90 para capacitar um novo estudante. Para contribuir, basta acessar o link da JA Startup criado pela Rede Colabora, que ajuda ONGs a fortalecer suas campanhas de doação.

Vale destacar que, tradicionalmente, o programa JA Startup utiliza recursos provenientes de empresas parceiras. Neste ano, os organizadores decidiram abrir novas turmas a partir das doações de pessoas físicas para ampliar o programa e alcançar um volume ainda maior de estudantes em todo o Brasil. A meta é chegar à marca de 10 mil alunos formados ao final de 2021.

Como funciona o programa

A nova turma do JA Startup deverá iniciar o curso no segundo semestre deste ano. Poderão participar jovens de todo o Brasil, com idade entre 15 e 29 anos, que estudam ou tenham se formado na rede pública de ensino.

No decorrer do programa, os alunos serão apresentados a conceitos de empreendedorismo, além de ferramentas e habilidades úteis na criação de modelos de negócios. Os estudantes terão a oportunidade de tirar uma ideia do papel, compreendendo qual o seu impacto dentro de suas comunidades.

As aulas que vão ensinar empreendedorismo a jovens serão ministradas ao vivo por profissionais da StartSe. São eles: Junior Borneli, CEO; Pedro Englert, sócio; e Cristiano Kruel, head de inovação. Como em outras edições, o programa deve contar com carga horária total de 5 horas semanais e duração de 1 mês.

Quer fazer trabalho voluntário? Clique aqui e encontre um com a sua cara