Projeto leva meditação a alunos de escolas públicas e suas famílias em Florianópolis

Projeto Avoá proporciona jornada de autoconhecimento de forma lúdica a crianças de 6 a 11 anos; experiências serão ministradas nas formas online e presencial

A partir desta quinta-feira (10), o projeto Avoá vai realizar uma experiência de meditação de forma lúdica, desenvolvida através da arte, para crianças com idade entre seis e 11 anos (1º ao 5º ano), alunas de escolas públicas de Florianópolis, e suas famílias.

Projeto Avoá é dedicado à crianças de 6 a 11 anos – Foto: Junior Luz/Divulgação/NDProjeto Avoá é dedicado à crianças de 6 a 11 anos – Foto: Junior Luz/Divulgação/ND

A Escola de Educação Básica Irineu Bornhausen, localizada no bairro Estreito, em Florianópolis, receberá o projeto presencialmente e outras duas terão acesso a versão on-line e impressa, essa última para quem não têm acesso à internet. Mais de 1.500 famílias serão beneficiadas com a iniciativa.

Na ação presencial, ‘as Fadas da Avoá’ compartilham suas ferramentas ‘mágicas’ com as crianças para que elas busquem se conectar consigo mesmas através da meditação. Na versão on-line, o mesmo acontece, mas por meio de um audiovisual interativo e de áudios com meditações guiadas no site da Elo Vertical.

“Nas narrativas, o ouvinte é o protagonista de aventuras, onde é possível respirar dentro da água, nadar com golfinhos telepáticos, voar com dragões ou com o cavalo alado pégasus, visitar ilhas flutuantes nas nuvens e caminhar pelo arco-íris”, conta a instrutora de yoga e idealizadora do projeto, Desirée Trindade, junto da multiartista Fernanda Thiesen.

O objetivo é que os estudantes tenham uma jornada de autoconhecimento ao ouvirem histórias meditativas narradas pelas personagens Íris e Elora, e, assim, aprendam a relaxar por meio da respiração consciente, que é o objetivo da meditação.

“Também queremos proporcionar um espaço para livre expressão, que estimule o desenvolvimento das habilidades criativas das crianças. Será uma oportunidade para a autodescoberta”, conclui Fernanda Thiesen.

A realização é da Elo Vertical, com patrocínio da Prefeitura de Florianópolis, Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes e Lei Municipal de Incentivo à Cultura. Também conta com apoio cultural da Brognoli Negócios Imobiliários.

Expressando sentimentos

Entre maio e julho deste ano, três oficinas artísticas on-line e ao vivo foram e estão sendo realizadas com as crianças que terão acesso às meditações.

Os encontros virtuais serão sobre emoções e meditação e, por meio de dinâmicas em grupo, os estudantes serão estimulados a expressar seus sentimentos.

“E isso poderá se dar por meio de expressão corporal, das emoções e da criatividade. Iremos trocar experiências e envolver os participantes em dinâmicas que permitam elas compreenderem melhor o que sentem, como sentem e como podem transformar sentimentos negativos de forma leve. Sempre trazendo a ludicidade, a criatividade e a imaginação para esse mergulho no autoconhecimento”, explica Desirée.

Livro meditativo para quem não tem acesso à internet

Nem todas as crianças contempladas pelo projeto estão frequentando a escola ou têm acesso livre à internet. Por isso, foi produzido um livro meditativo impresso. Serão disponibilizadas 700 edições de forma gratuita nas escolas beneficiadas.

Para contemplar mais crianças, há versões on-line e impressas do projeto – Foto: Junior Luz/Divulgação/NDPara contemplar mais crianças, há versões on-line e impressas do projeto – Foto: Junior Luz/Divulgação/ND

O projeto é direcionado às escolas públicas, mas, no site da Elo Vertical, estão disponíveis meditações guiadas para crianças, com uma média oito minutos e são recomendadas para crianças com idade entre seis e 11 anos.

“Uma dica importante para o adulto que propor meditação à(s) criança(s) é nunca forçar, mas sempre convidar para meditar, respirar, para que eles conectem como algo prazeroso, relaxante e divertido. É interessante ter um espaço destinado para a prática”, diz Desirée Trindade.

Onde encontrar o projeto

Ação presencial na Escola de Educação Básica Irineu Bornhausen localizada no bairro Estreito – 10 de junho (exclusivamente para alunos da escola)

Projeto Avoá nas escolas – de junho a dezembro de 2021

Oficinas do projeto Avoá – maio a julho de 2021

Medite com as Fadas de Avoá através deste link.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Bem-estar