Mundo Maria

Entretenimento, lifestyle, arte e tudo que move o mundo dos influenciadores nas redes sociais.


Segunda Sem Carne: já ouviu falar nesse movimento?

A proposta é tirar a carne pelo menos uma vez por semana do seu cardápio. Será que realmente faz a diferença? Saiba como aderir ao movimento

Hello, leitores do Mundo Maria! Hoje é segunda-feira e resolvi escrever sobre esse movimento que está super em alta: Segunda Sem Carne.

Uma tarefa muito difícil para a maioria das pessoas, tirar a carne nem que seja uma vez na semana! Por mais que o número de vegetarianos e veganos tenha crescido, a maioria dos brasileiros ama uma carninha, principalmente aquele churrasquinho de domingo em família ou entre amigos, né?

Segunda Sem Carne propõe tirar o alimento do cardápio uma vez na semana – Reprodução/Site Vegan Business/NDSegunda Sem Carne propõe tirar o alimento do cardápio uma vez na semana – Reprodução/Site Vegan Business/ND

Mas há diversos benefícios se você estiver disposto a abrir mão dela – e de produtos de origem animal- por pelo menos uma vez na semana. Já faz uma diferença enorme na saúde e no impacto ambiental. Foi daí que surgiu a campanha e o movimento Segunda Sem Carne, que já tem mais de 40 países adeptos pelo mundo.

Mas Maria, porque eu devo adotar esse movimento e ficar sem comer proteína animal uma vez na semana?

Primeiro, a ideia  é de começar na segunda-feira, porque você está voltando de um final de semana, está voltando ao trabalho, então está de volta à rotina do seu dia a dia. O movimento visa a diminuição de consumo de carne e demais produtos de origem animal, como ovos, laticínios e outros.

Agora, vamos aos benefícios:

  • Quando você escolhe não comer carne às segundas-feiras já é possível reduzir muito o número de animais abatidos;
  • Diminuição de carne reduz o risco de câncer e problemas cardíacos;
  • Não comer carne pelo bem de todos: a indústria da carne é responsável por 70% dos casos de trabalho escravo.

E além disso, a campanha visa que você consuma mais vegetais nessa segunda-feira. Apostar em alimentos ricos em proteínas – como é o caso da lentilha, do feijão azuki, da ervilha, do grão-de-bico e muitos outros!

E o mesmo deve ser feito com os demais produtos de origem animal que você costuma consumir ao longo das refeições. O leite animal, por exemplo, pode ser substituído pelo vegetal – como o de amêndoas e de castanhas.

O que não faltam são opções, e vamos lá, é só um dia na semana!

Bora lá, aderir a esse movimento?

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.