Blumenau define novas ações de combate à dengue; 16 pessoas estão internadas

Prefeito fez uma reunião com secretários, representantes do 23º Batalhão de Infantaria, Corpo de Bombeiros e Policia Militar na manhã desta quinta (7)

Na manhã desta quinta-feira (7), o Prefeito de Blumenau Mário Hildebrandt (Podemos) reuniu secretários municipais e presidente do Samae, além de autoridades militares, a fim de discutir ações integradas de combate ao mosquito Aedes Aegypti – transmissor da dengue, febre amarela, zika e chikungunya. Ao todo, 16 pessoas estão internadas com suspeita de de dengue no município.

Reunião definiu próximos passos para conter dengue em Blumenau – Foto: Divulgação/Marcelo Martins/Secom Blumenau/NDReunião definiu próximos passos para conter dengue em Blumenau – Foto: Divulgação/Marcelo Martins/Secom Blumenau/ND

Participaram da reunião representantes de todas as pastas, além de integrantes do 23º Batalhão de Infantaria, 3º batalhão do Corpo de Bombeiros Militar e integrantes do 10º Batalhão de Policia Militar.

Sala de Situação e novos agentes

No encontro foi definida a reativação da Sala de Situação, responsável pelo planejamento e gerenciamento de ações de combate a dengue com apoio de todas as secretarias municipais. A primeira reunião já está agendada para às 14h desta quinta-feira (7) na sala de reunião da Central de Controle Operacional (CCO).

Além disso, o prefeito fez o anuncio da contratação de 50 novos agentes de endemias para ampliar os trabalhos de orientação e fiscalização, realizados diariamente nas ruas da cidade.

O prefeito Mário Hildebrandt destaca a necessidade do encontro. “Ainda estamos vivendo a pandemia de Covid-19 e estamos prestes a viver uma epidemia de dengue em Blumenau. O município tem se organizado e temos feito o possível para vencer mais esse desafio de Saúde Pública, mas a comunidade precisa entender que deve fazer sua parte nesse processo. Segue dependendo de todos nós é apenas o Município não será capaz de vencer essa batalha”, afirma.

Dia “D”

Durante a apresentação, uma ação educativa junto às unidades de ensino do município também foi apresentada, com a entrega de um folder para orientar as crianças sobre a importância de combater o mosquito.

O município também vai promover um Dia D de combate ao Aedes Aegypti, que deve ocorrer no dia 23 de abril. Inicialmente os trabalhos serão pontuais, concentrados principalmente em regiões com mais incidência da doença.

Dengue em Blumenau

Até agora, Blumenau registra 1.980 focos do mosquito Aedes Aegypti. São 1.321 notificações. Destes, 293 são casos confirmados, sendo nove casos importados e 281 autóctones, ou seja, contraídos em Blumenau. Outros 874 casos são considerados suspeitos e aguardam resultado de exame.

Internações

Nesta quarta-feira, dia 6, 16 moradores de Blumenau estão internados em hospitais da cidade. Todos os pacientes estão em enfermaria e são considerados casos suspeitos de Dengue, aguardando resultado do exame laboratorial.

Dados em SC

Santa Catarina registrou a oitava morte por dengue neste ano, o maior número de óbitos registrados pela doença na história do Estado, superando em pouco mais de três meses todo o ano de 2021, quando foram sete mortes.

Segundo a Dive (Diretoria de Vigilância Epidemiológica) da Secretaria de Estado da Saúde, esse número de vítimas pode dobrar, já que existe ainda outras oito mortes sob suspeita e em investigação.

A Dive informou que 16 municípios estão em situação de epidemia de dengue, todos no Oeste. A caracterização de epidemia ocorre pela relação entre o número de casos confirmados e o de habitantes. O nível de transmissão epidêmico é quando a taxa de incidência é maior de 300 casos por 100 mil habitantes.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...