Butantan recebe 520 mil ovos para produzir vacina contra Covid-19

Mesmo sem a liberação da Anvisa, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, garante a produção da ButanVac, o imunizante integralmente brasileiro

O Instituto Butantan recebeu nesta sexta-feira (30) o segundo lote com 520 mil ovos para a produção da ButanVac, imunizante contra a Covid-19 que será produzido no Brasil.

De acordo com a previsão do instituto, serão produzidas 18 milhões de doses da nova vacina até junho, e o número total poderá chegar a 100 milhões, ainda este ano.

O presidente da Instituto Butantan, Dimas Covas, garantiu que “cada lote tem 520 mil ovos, cada ovo pode dar duas doses. Então, são, no mínimo, 1 milhão de doses produzidas por dia sendo produzidas na fábrica”.

Butantan recebe 520 mil ovos para produzir vacina contra Covid-19. Vacina Butanvac, produzida no Brasil ainda não recebeu o “ok” da Anvisa – Foto: Divulgação/NDButantan recebe 520 mil ovos para produzir vacina contra Covid-19. Vacina Butanvac, produzida no Brasil ainda não recebeu o “ok” da Anvisa – Foto: Divulgação/ND

Na quarta-feira (28), o governo anunciou que vai iniciar a fabricação de 1 milhão de doses da ButanVac, mesmo sem aval da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para iniciar os testes do imunizante em humanos.

Na primeira fase, que deve seguir até o dia 18 de maio, serão produzidas 6 milhões de imunizantes em seis lotes de vacinas. Em produção, existem hoje, 520 mil ovos. A previsão é de se obter duas doses por ovo.

Para a segunda fase, que será entre os dias 14 de maio e 1º de junho, está prevista a produção de mais seis lotes. Por fim, na terceira fase, que ocorrerá entre 28 de maio e 15 de junho, mais seis lotes de vacinas serão produzidas, totalizando as 18 milhões da vacina.

+

Saúde

Loading...