Campanha de multivacinação para crianças e adolescentes é prorrogada em Santa Catarina

Todos os imunizantes do calendário básico de vacinação de crianças e adolescentes estão disponíveis; objetivo é regularizar a caderneta de menores de 15 anos

A campanha de multivacinação de crianças e adolescentes, promovida pelo Ministério da Saúde, será prorrogada em todo o Brasil- inclusive em Santa Catarina. Inicialmente previsto para finalizar em outubro, agora o programa segue até o dia 30 de novembro.

criança é vacinada em campanhaForam aplicadas vacinas em 98.710 crianças e adolescentes de SC durante a campanha de multivacinação – Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

A campanha tem o objetivo de regularizar a aplicação de vacinas em pessoas menores de 15 anos e serve como um alerta para a necessidade de manter a vacinação em dia.

Santa Catarina oferece doses dos seguintes imunizantes: BGG, tríplice viral, febre amarela e pólio. Além destas, são oferecidas todas as doses do calendário básico das crianças e adolescentes no Brasil. Quando aplicadas, as vacinas disponíveis protegem contra mais de 20 doenças.

Resultados atuais da campanha

Em nível nacional, foram aplicadas mais de 3 milhões de doses de vacina em 1.262.121 crianças e adolescentes do público alvo. Em Santa Catarina, segundo a DIVE/ SC, os imunizantes da chegaram a 98.710 pessoas durante a campanha.

Vacinas disponíveis nos postos de saúde

A campanha começou no dia 1° de outubro mas as vacinas são aplicadas regularmente e estão disponíveis nas Unidades Básicas de Saúde dos bairros e municípios. Para completar o ciclo básico de vacinação basta ir com a caderneta de vacina até o posto de saúde mais próximo.

O ministério da saúde ressalta que manter as vacinas atualizadas aumenta a proteção contra doenças imunopreveníveis, evitando a ocorrência de surtos e hospitalizações, sequelas, tratamentos de reabilitação e óbitos.

Todas as vacinas do PNI (Programa Nacional de Imunizações) são seguras e estão registradas na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

*Com informações da Agência Brasil.

+

Saúde

Loading...