Campanha de vacinação contra a gripe termina nesta terça-feira (30) em Florianópolis

Município aplicou 121 mil doses para a prevenção da doença até essa segunda-feira (29); confira abaixo onde se vacinar na cidade

Quem faz parte do grupo prioritário pode receber as doses de imunização contra a gripe até esta terça-feira (30) em Florianópolis – Cristiano Andujar/PMF/Divulgação/NDQuem faz parte do grupo prioritário pode receber as doses de imunização contra a gripe até esta terça-feira (30) em Florianópolis – Cristiano Andujar/PMF/Divulgação/ND

Quem está incluso nos grupos prioritários que têm direito à vacinação contra a gripe em Florianópolis e não garantiu a imunização contra a doença deve procurar uma unidade de saúde municipal até esta terça-feira (30), quando termina a campanha na capital catarinense.

Até a manhã desta segunda-feira (29), foram aplicadas 121 mil doses de vacina na cidade, nas três etapas da campanha, que começou no fim do mês de março, de acordo com a Prefeitura da Capital. Desde o final do mês de maio deste ano, o município também oferece a imunização contra a gripe por agendamento em alguns centros de saúde. Nos pontos da região continental e nos Centros de Saúde Costeira e Tapera, não é preciso agendar o serviço.

São vacinados ainda, neste momento, os idosos com mais de 60 anos, pessoas com idade entre 55 e 59 anos, gestantes e puérperas, crianças de seis meses a menores de seis anos, professores, motoristas de transporte coletivo e caminhoneiros, forças policiais, profissionais da saúde, doentes crônicos e pessoas com deficiência.

“Hoje enfrentamos uma pandemia, mas não podemos nos esquecer de cuidar da saúde, de modo geral. Se prevenir de outras doenças, é muito importante. Venho aqui alertar para que todas as pessoas que têm direito e precisam se imunizar compareçam aos postos até esta terça-feira (30)”, afirma o prefeito de Florianópolis.

Eduardo da Rosa, morador do bairro Capoeiras, no Continente, garantiu a imunização dos dois filhos, Isabela, de 4 anos, e Davi, de 6, durante a campanha. “Aqui em casa estamos em isolamento e mantemos todas as vacinas em dia. É importante fazermos a nossa parte, mantermos a caderneta em dia e aumentar a nossa imunidade para estarmos fortalecidos neste momento de pandemia”, afirma.

Florianópolis não registra nenhum caso de sarampo desde o dia 20 de março deste ano – Allan Carvalho/PMF/Divulgação/NDFlorianópolis não registra nenhum caso de sarampo desde o dia 20 de março deste ano – Allan Carvalho/PMF/Divulgação/ND

Capital livre do sarampo

A capital catarinense não registra também nenhum caso de sarampo desde o dia 20 de março e considera que o surto da doença terminou oficialmente na cidade. O dado, que pode estar diretamente relacionado com as medidas de distanciamento social, foi alcançado, pois o município registra 12 semanas seguidas sem casos.

A estratégia é que, durante a pandemia, alguns Centros de Saúde de referência continuem com as vacinas de rotina. A imunização é muito importante para que a doença não retorne à Florianópolis, especialmente neste momento em que vários estados brasileiros ainda estão com epidemia da doença.

Aqueles que não têm a caderneta, não lembram ou não sabem se completaram o esquema vacinal, precisam tomar as doses da seguinte forma:

– 6 meses de vida: dose zero

– 1 ano de idade: primeira dose

– 1 ano e 3 meses: segunda dose

– até 29 anos de idade: a pessoa precisa ter duas doses

– de 30 a 49 anos de idade: a pessoa precisa ter uma dose.

Quem tem direito a tomar a vacina contra a gripe na Capital:

– Idosos (+ 60 anos), com documento de identificação;

– Pessoas com idade entre 55-59 anos – com documento de identificação;

– Gestantes e puérperas (45 dias pós-parto)

Crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos 11 meses e 29 dias)

– Professores – apresentar contracheque

– Motoristas de transporte coletivo e caminhoneiros

– Forças policiais

– Profissionais de saúde

– Doentes Crônicos

– Portadores de deficiências

Confira os pontos de vacinação:

 Confira acima os locais e como fazer para garantir a sua dose da vacina contra a gripe na Capital- PMF/Divulgação/ND Confira acima os locais e como fazer para garantir a sua dose da vacina contra a gripe na Capital- PMF/Divulgação/ND

Conforme determina a Lei Municipal nº 10.199, de 27 de março de 2017, a Prefeitura Municipal de Florianópolis informa que a produção deste conteúdo não teve custo, e sua veiculação custou R$2.000,00 reais neste portal.

+ Prefeitura de Florianópolis