Caos na saúde: Norte de SC tem apenas dois leitos de UTI Covid no SUS

Números atualizados da Secretaria de Estado da Saúde mostram oitos hospitais da região com 100% de ocupação

Apenas dois leitos de UTI Covid-19 adulto. Essa é a atual situação dos hospitais públicos do Norte de Santa Catarina na manhã desta terça-feira (2).

Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde, atualizados às 11h desta terça-feira, há apenas duas vagas de UTI para tratamento da doença na região. As vagas são no Hospital Regional Hans Dieter Schimidt, em Joinville.

Joinville conta com apenas duas vagas de UTI nesta terça-feira (2) – Foto: Anderson Coelho/Arquivo/NDJoinville conta com apenas duas vagas de UTI nesta terça-feira (2) – Foto: Anderson Coelho/Arquivo/ND

Já os outros oitos hospitais da rede pública estão com 100% de lotação. São eles: 

  • Hospital Bethesda, em Joinville: 100%;
  • Hospital e Maternidade Jaraguá, em Jaraguá do Sul: 100%;
  • Hospital Municipal São José, em Joinville: 100%;
  • Hospital Santa Cruz, em Canoinhas: 100%;
  • Hospital São José, em Jaraguá do Sul: 100%;
  • Hospital São Vicente de Paulo, em Mafra: 100%;
  • Hospital São Brás, em Porto União: 100%;
  • Hospital Sagrada Família, em São Bento do Sul: 100%.

Ao todo, a região do Planalto e Norte, conta com 139 leitos de UTI, sendo que desses, 137 estão ocupados. Em todo o Estado, são apenas 17 vagas disponíveis para tratamento de pacientes com a doença.

Governo de SC lança edital para contratação de leitos

Nesta terça-feira, o governo de Santa Catarina vai publicar um edital para contratação de leitos de UTI na rede privada. A decisão foi comunicada pelo governador Carlos Moisés durante uma reunião com representantes dos hospitais privados na noite desta segunda-feira (1º).

Segundo o secretário de Estado da Administração, Jorge Eduardo Tasca, o governo já havia publicado um chamamento público para a contratação de leitos privados em 2020, mas, como havia um limite para as diárias de R$ 1,6 mil, valor praticado pelo SUS, o edital se encerrou sem interessados.

Agora, os hospitais apresentarão os valores que consideram viáveis. A expectativa do secretário da Administração é que, dessa vez, haja o envolvimento da rede privada.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Saúde