Carro é aprendido em Navegantes transportando amostras para testar coronavírus

Motorista estava levando o material dos exames de Blumenau para o aeroporto de Navegantes em "cooler de praia", sem nenhuma proteção

Condutor e veículo foram detidos em barreira sanitária – Foto: Divulgação/ND

Um veículo Ford Ka, com placas de Minas Gerais, foi apreendido neste sábado (21) transportando clandestinamente caixas com amostras para testes de Covid-19, que seriam embarcadas no Aeroporto de Navegantes.

Leia também:

A apreensão ocorreu durante a realização de barreira na entrada de Navegantes, confirmou o secretário de Segurança do município, Johnny Coelho.

Conforme o próprio motorista do veículo informou, o material é de um laboratório particular de Blumenau e seria enviado para Minas Gerais. Ali continha seis amostras com material para testes de Covid-19, entre outros exames, sendo carregados em cooler, sem apresentação de nota fiscal.

Além disso, o motorista estava transportando o material sem máscara e luvas de proteção. Segundo o próprio condutor, a empresa ignorou, ainda, o pedido solicitado de máscaras e álcool gel.

Johnny Coelho, que também é coordenador de Defesa Civil de Navegantes e presidente do Comitê de Crise para o coronavírus no município, comentou que o carro era de locação, não continha adesivo identificando o transporte desse tipo de material e nem constava de divisória entre o motorista e o compartimento de carga, como é exigido em veículos com esse fim.

“Os frascos estavam sendo levados em uma caixa sem marcador de temperatura e sem lacre. Era um cooler de praia”, comentou. Ele ainda disse que o motorista confirmou que eram exames de contraprova de Covid-19. A equipe de Vigilância Epidemiológica e Sanitária, conforme Coelho, atestou que se trata desse tipo de material.

De acordo com o secretário de Segurança, o veículo foi apreendido e a Vigilância Epidemiológica do Município, com aval da 7º Regional de Saúde do Estado, fez a coleta segura do material, informando a Vigilância Estadual.

Por meio de nota, a empresa responsável pelas amostras se manifestou. Confira aqui o posicionamento.

+

Saúde