Catarinense levado para ES estava intubado ao lado da mãe: “amo vocês”

Daniel Pegoraro, de 34 anos, foi o primeiro paciente de SC a ser transferido para outro estado por conta da falta de leitos de UTI

Vai ficar tudo bem!” Essa foi a última frase dita por Daniel Pegoraro, de 34 anos, para a esposa, Eliane Schmitz Pegoraro, de 30, antes de ser intubado em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. O homem foi o primeiro catarinense a ser transferido para outro estado para continuidade do tratamento contra à Covid-19. A viagem aconteceu nesta quarta-feira (3). Mais 15 pessoas devem ser levadas para o Espírito Santo. 

Daniel e a filha Danieli, de 5 anos – Foto: Arquivo pessoal/Reprodução/NDDaniel e a filha Danieli, de 5 anos – Foto: Arquivo pessoal/Reprodução/ND

Os sintomas da doença começaram no sábado, 20 de fevereiro. Segundo a esposa, ele sentia muitas dores nas costas e tosse, por isso procurou o Ambulatório de Campanha instalado ao lado da Arena Condá, no Centro. Ele não imaginava que aí se iniciava a maior batalha da sua vida. O diagnóstico do exame foi positivo e a evolução da doença foi depressa.

“Na segunda ele começou a se sentir mal. A situação se agravou na terça e na quarta à noite ele foi para a UPA, porque estava com falta de ar e tosse. Na quinta ele foi colocado no oxigênio e na sexta à noite ele foi intubado”, lembra Eliane.

Pegoraro, que mora no Distrito de Marechal Bormann, estava internado na UPA 24h (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Presidente Médici. Na sexta-feira (26), antes de ser sedado, mas já muito ofegante por conta da falta de ar, ele mandou um áudio à esposa pelo WhatsApp avisando que a sua situação havia piorado, mas a tranquilizou.“Acharam melhor intubar por uns 10 dias. Fica tranquila, vai dar tudo certo”, disse. (Ouça o áudio abaixo)

Depois disso, a situação de saúde de Daniel era atualizada à família diariamente por um médico na porta da UPA 24h. Foi na tarde de terça-feira (2), que Eliane recebeu a notícia sobre a transferência do marido para o Espírito Santo.

“Na hora fiquei angustiada, porque é um lugar muito longe, só que é o melhor para ele. Estamos num sofrimento bem grande, mas sabemos que tem outras famílias também precisando de uma UTI. Estamos com fé que ele vai melhorar e sair dessa”, diz a esposa que assinou um termo de autorização para a transferência. “Estamos bem esperançosos de que ele vai voltar para casa”.

Eliane, Danieli e Daniel em um dos momentos em família – Foto: Arquivo pessoal/Reprodução/NDEliane, Danieli e Daniel em um dos momentos em família – Foto: Arquivo pessoal/Reprodução/ND

Antes de ser transferido para o Estado Capixaba, na manhã desta quarta-feira, a esposa conseguiu se despedir do companheiro. “Deixaram nós ir ver ele, colocamos todos os equipamentos necessários. Ele estava sedado, mas falei no ouvido dele que eu e a Danieli (filha do casal) estamos bem, e que ele vai lá ficar bem e vai voltar para casa”, contou Eliane.

A mãe de Daniel tem 70 anos e também está internada, mas ainda espera por um leito de UTI – Foto: Arquivo pessoal/Reprodução/NDA mãe de Daniel tem 70 anos e também está internada, mas ainda espera por um leito de UTI – Foto: Arquivo pessoal/Reprodução/ND

Daniel estava internado ao lado da mãe, de 70 anos, que também foi diagnosticada com coronavírus. Antes de ser intubado, ele acompanhou a evolução do tratamento de quem lhe deu a vida. Ela ainda espera por um leito de UTI, pois está em uma sala improvisada. Na família, mãe e filho foram os únicos a se infectar com o vírus.

Com a sogra e o marido internado, Eliane diz que se apoia na fé para superar a dificuldade e diminuir a saudade diária. “É triste, tem momentos que choramos bastante, pois é uma situação que ninguém quer passar, é doloroso.” (Assista abaixo)

“Ele viaja bastante, agora foi viajar para ainda mais longe”

Daniel é motorista de caminhão há 18 anos e, por ironia do destino, transporta produtos perigosos em um veículo tanque. Ele e Eliane vivem juntos há 16 anos, mas a pouco tempo a Danieli Pegoraro, de 5 anos, chegou para somar na família.

Desenho feito pela filha do casal – Foto: Arquivo pessoal/Reprodução/NDDesenho feito pela filha do casal – Foto: Arquivo pessoal/Reprodução/ND

Inclusive, a filha do casal fez um desenho pedindo para o pai voltar para casa. “Ela disse mãe, leve para meu pai e diz para ele voltar bem rápido para casa”, conta Eliane.

E finaliza: “Não quero que você desista, temos nossa filha para criar. Quando você sair eu vou te buscar, eu amo muito muito ele.”

Transferências

Às 10h43 desta quarta-feira, o avião Arcanjo 02 do BOA (Batalhão de Operações Aéreas) do Corpo de Bombeiros decolou de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, com Daniel.

Avião do Corpo de Bombeiros decolou de Chapecó às 10h43 – Foto: Willian Ricardo/NDAvião do Corpo de Bombeiros decolou de Chapecó às 10h43 – Foto: Willian Ricardo/ND

Eles chegaram em Espírito Santo às 15h08. Daniel está internado no Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, no município da Serra, na região metropolitana de Vitória (ES).

A transferência dos pacientes foi acertada após conversas do secretário André Motta Ribeiro, de SC, com a secretaria de estado de Saúde do Espírito Santo. Esta é a primeira vez desde o início da pandemia que Santa Catarina transfere pacientes com coronavírus para outros estados.

As vagas oferecidas aos pacientes catarinenses devem atender prioritariamente pacientes do Oeste, região em situação mais crítica no Estado, no Hospital Regional do Oeste, de Chapecó, Hospital São Paulo, de Xanxerê, e Hospital Terezinha Gaio Basso, de São Miguel do Oeste.

Santa Catarina vive um momento de colapso no sistema de saúde, com mais de 200 pacientes na fila de espera por um leito de internação em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e superlotação nos hospitais.

A aeronave Arcanjo 02, do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina pousou em Vitória (ES), com o primeiro paciente com Covid-19 transferido de Santa Catarina. – Foto: CBMSC/Divulgação/NDA aeronave Arcanjo 02, do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina pousou em Vitória (ES), com o primeiro paciente com Covid-19 transferido de Santa Catarina. – Foto: CBMSC/Divulgação/ND

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Saúde