Catarinenses lançam livro ‘Dino Não Quer Comer’ sobre a seletividade alimentar na infância

O SC no Ar recebeu a nutricionista Elisa de Espíndola, que fala sobre o seu novo livro, sobre a seletividade alimentar na infância

A seletividade alimentar faz parte da rotina de muitos pais. É comum que crianças não demonstrem interesse por certos alimentos na hora das refeições. O SC no Ar desta quarta-feira (24) falou sobre o tema. O programa contou com a participação da nutricionista Elisa de Espíndola, que deu dicas para melhorar a alimentação na infância e falou sobre seu novo livro ‘Dino Não Quer Comer’.

Seletividade alimentar faz parte da rotina de muitos pais – Foto: gpointstudio/Freepik/NDSeletividade alimentar faz parte da rotina de muitos pais – Foto: gpointstudio/Freepik/ND

Segundo a nutricionista, é importante que os pais estejam atentos a alguns sinais: “Quando a criança tem pouco apetite, desinteresse pelos alimentos ou também apresenta comportamento inadequado no momento da refeição, recusa alimentar, isso tem que nos chamar atenção.”

A primeira dica de Elisa é procurar ajuda. “A gente consegue identificar, dentro dos alimentos que a criança já aceita, outros alimentos que são similares para poder trabalhar com ela. Então, a primeira orientação é ficar tranquilo e buscar um profissional que possa ajudar nesse processo”, explicou ela.

Capa da matéria Dino não quer comer – Foto: capa DinoCapa da matéria Dino não quer comer – Foto: capa Dino

Além disso, a nutricionista falou sobre o livro ‘Dino Não Quer Comer’, publicado por ela e outros dois colegas, que trata sobre o tema. “O nosso livro é super lúdico, as crianças têm gostado bastante e ao longo das páginas tem orientações técnicas pros pais, de como eles lidam nesse momento (…) e aí os pais já conseguem ter algumas orientações”, contou Elisa.

Saiba mais sobre seletividade alimentar na entrevista completa.

+

SC no ar – Entrevistas

Loading...