Central do Samu de Chapecó fica sem internet por não pagamento

Profissionais ficaram mais de 24h sem internet e utilizaram de meios próprios para acessar os prontuários dos pacientes

A Central de Regulação de Urgência do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, teve os serviços prejudicados por conta do corte da rede de internet.

Central de atendimento do Samu de Chapecó fica sem internet – Foto: Reprodução/NDCentral de atendimento do Samu de Chapecó fica sem internet – Foto: Reprodução/ND

Desde segunda-feira (8), os profissionais utilizaram meios próprios para acessar os prontuários dos pacientes. O sinal foi restabelecido na manhã desta terça-feira (9), segundo a SUE (Superintendência de Urgência e Emergência). 

Em nota, a OZZ Saúde, empresa que administra o Samu em Santa Catarina, informou que a interrupção também ocorreu em Joaçaba, no Oeste, e em Lages, na Serra. A SUE nega que as outras duas centrais tenham sido afetadas. 

A OZZ Saúde explicou que no dia 15 de janeiro enviou um ofício à Superintendência de Urgência e Emergência e à Diretoria de Atendimento Pré-Hospitalar Móvel do Samu alegando que o serviço de internet das Centrais de Regulação era custeado por eles de forma indevida. 

Também informou no documento que o contrato com a prestadora de serviço de internet seria cortado caso o problema não fosse solucionado pelo Governo do Estado. 

A empresa alega que não recebeu retorno do governo, por isso, a prestadora do serviço procedeu ao desligamento da internet pela falta de pagamento.

24h sem internet 

Ao ND, os profissionais do Samu em Chapecó afirmaram que, até o início da manhã desta terça-feira, a Central de Atendimento permanecia sem internet. A unidade atende municípios do Oeste e Extremo-Oeste de Santa Catarina. 

Segundo eles, a falta de internet afetou diretamente na organização das ocorrências, especialmente porque os prontuários dos pacientes são acessados de maneira on-line.

Contraponto

Em nota, a Superintendência de Urgência e Emergência confirmou, no fim da manhã desta terça-feira, que houve problemas com a internet da Central de Regulação de Chapecó na segunda, mas que os registros continuaram sendo realizados e ocorrências atendidas. 

“A SUE também confirma que a Internet já foi restabelecida na manhã de hoje. É importante registrar que os atendimentos não pararam e a população não ficou desassistida”, completou.

A nota diz ainda que “desde que foi informada, a Superintendência procurava encontrar uma solução rápida para o problema de internet e conseguiu resolvê-lo na manhã desta terça-feira, 9 de fevereiro”, finalizou. 

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde