Chapecó já vacinou 1,4 mil pessoas contra a Covid-19

O município recebeu 5.237 doses entre as vacinas CoronaVac e Oxford-AstraZeneca; do total 1.156 são especificamente para os povos indígenas

Nove dias após iniciar a imunização contra a Covid-19 em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, 1,4 mil pessoas já foram vacinadas. O maior município do Oeste recebeu, até o momento, 5.237 doses. O total contabiliza as 3.367 da vacina CoronaVac e as 1.870 da Oxford-AstraZeneca, que foram entregues nesta terça-feira (26). 

Homem sendo vacinada contra a Covid-19. Na imagem aparece um homem com camisa azul claro com o rosto de uma pessoa na frente, ele está com um colar preto no pescoço e com uma máscara branca e um boné na cabeça. Uma enfermeira está aplicando uma dose da vacina contra a covid-19 no braço dele. A mulher está com a seringa na mão. Ela está com um jaleco branco e usa uma máscara pretaAs doses da vacina Oxford-AstraZeneca serão aplicadas somente após a utilização de todas as doses da CoronaVac – Foto: Divulgação/ND

O gerente de Vigilância em Saúde, Rodrigo Momoli, informou que as doses da Oxford serão aplicadas somente após a utilização de todas as doses da CoronaVac. As vacinas estão armazenadas na central de frios do município, localizada na macrorregional de Saúde. 

Do total das doses, 1.156 são especificamente para a vacinação dos indígenas da Aldeia Kondá e Toldo Chimbangue. No grupo prioritário também estão os 6.678 profissionais de saúde e idosos que vivem em asilos. 

Logística da imunização

A vacinação dos profissionais de saúde iniciou pelas alas Covid das UTIs dos hospitais HRO (Hospital Regional do Oeste) e Unimed. Na sequência passou para enfermaria e ambulatórios municipais.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, Lígia Schacht, informou que até o início da tarde desta segunda-feira (25), 1.427 pessoas já tinham sido vacinadas.  “Na segunda-feira foram distribuídas 696 doses para o HRO, Hospital da Criança, Hospital Unimed e indígenas”, disse.

Na imagem três mulheres fazendo a separação das doses de vacina contra a Covid-19. As três estão com coletes azuis escrito secretaria de estado da saúde e com a bandeira de santa catarina abaixo nas cores vermelho, branco e verde. Elas estão usando máscaras e anotando nas caixas das doses das vacinas contra a Covid-19 que foram enviadas para Chapecó.Doses da vacina Oxford-AstraZeneca chegaram a Chapecó nesta terça-feira (26). – Foto: Secom/Divulgação/ND

Segundo ela, a vacinação ainda é um pouco mais demorada do que o normal. Isso ocorre em decorrência dos protocolos de segurança e isolamento, principalmente por envolver as áreas mais sensíveis.

A recomendação da coordenadora é de que cada grupo aguarde ser chamado. “Além disso, as doses ainda não contemplam a totalidade do primeiro grupo, que somam 16 mil pessoas”, acrescentou. 

Próximas fases

Na segunda fase de imunização está prevista a vacinação de pessoas entre 60 e 74 anos. Elas somam 23 mil em Chapecó.

A terceira etapa prevê cerca de 30 mil pessoas que apresentam alguma comorbidade, como diabetes, hipertensão, doença renal, cardiovascular, entre outras.

A quarta fase engloba professores e profissionais de forças de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Saúde