Chapecó recebe mais de 3 mil doses da vacina contra a Covid-19

O maior município do Oeste recebeu ao todo 3.367 doses para a primeira etapa de imunização; profissionais de saúde serão os primeiros vacinados

Após desembarcar em Florianópolis, as primeiras doses da vacina Coronavac chegaram a Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, no fim da manhã desta terça-feira (19). As 3.367 doses foram trazidas pela aeronave Arcanjo do CBMSC (Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina) até o Aeroporto Serafin Enoss Bertaso. Os primeiros vacinados serão imunizados às 15h30, no auditório da Prefeitura.

Aeronave arcanjo do corpo de bombeiros pousado no aeroporto de chapecó, a aeronave é vermelha com as faixas amarela e branca e o símbolo da bandeira de SC, Na pista várias pessoas se aproximam do avião, profissionais da imprensa, bombeiros e policiais militares, todos de máscara. As caixas com as vacinas contra a covid-19 são brancas de isopor com informações em vermelhoAs vacinas chegaram a Chapecó na manhã desta terça-feira (19) – Foto: Willian Ricardo/ND/Divulgação

No total, para Chapecó e municípios da região, chegaram 5.360 doses. Ou seja, 1.993 doses serão divididas entre as demais cidades. As vacinas serão escoltadas por equipes da PM (Polícia Militar) do aeródromo até a Secretaria Municipal de Saúde onde serão estocadas.

A prioridade de vacinação será para os profissionais de saúde que atuam nas UTI (Unidades de Terapia Intensiva) da Covid-19 e, na sequência, os demais profissionais de saúde.

O secretário de saúde de Chapecó, Luiz Carlos Balsan, acompanhou a chegada das vacinas ao município. “É um gesto histórico para Chapecó o recebimento desse primeiro lote da vacina e vem brindar a nossa região para um momento muito importante de imunização. Agora mãos a obra, vamos de imediato começar a aplicação da vacina pelos grupos prioritários”.

A expectativa do prefeito João Rodrigues é que em um prazo de 60 dias boa parte da população já esteja imunizada. “Vamos vacinar com que o tem e já é um começo. Chapecó está diminuindo internações e com a vacinação acredito que vamos voltar à normalidade”, destaca o prefeito.

Veja a chegada a Chapecó:

Plano de vacinação

O plano de vacinação contra a Covid-19 em Chapecó prevê a imunização de 16 mil pessoas na primeira etapa. São pessoas que estão em grupos de maior risco.

Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Chapecó, Lígia Schacht, as primeiras oito mil doses serão para os sete mil profissionais da saúde, tanto da rede municipal, quanto dos hospitais, que serão vacinados em seus locais de trabalho. Também no grupo inicial estão os indígenas, que devem ser vacinados no Toldo Chimbangue e Aldeia Kondá.

Na imagem aparece uma mão com uma luva cirúrgica branca segurando uma dose de vacina contra a Covid-19 e uma seringa com uma agulha da ponta sugando o líquido da vacina de dentro da dose que está em um recipiente pequeno e transparente com a tampa prateada. Ao fundo aparece o ombro de uma pessoa com uma camiseta branca e por cima um jaleco azul claro. Plano de vacinação prevê vacinar 16 mil pessoas na primeira etapa em Chapecó. – Foto: Pixabay/Reprodução/ND

Na primeira etapa também estão previstos os idosos com mais de 75 anos, e idosos com mais de 60 anos em instituições de longa permanência. Estes devem ser vacinados na própria instituição. Os acamados serão vacinados em suas residências.

Chapecó conta com 30 mil seringas, mas podem ser compradas até 300 mil, conforme a necessidade. Também possui insumos para a primeira etapa e profissionais habilitados para a aplicação da vacina contra a Covid-19.

O município também negocia a vacina russa Sputnik V, da farmacêutica União Química. A vacina ainda aguarda aprovação da Anvisa.

Santa Catarina recebeu 126 mil doses

O Estado recebeu pouco mais de 126 mil doses da vacina Coronavac, imunizante contra Covid-19. O lote de vacinas foi enviado de São Paulo, em um avião da FAB (Força Aérea Brasileira). Depois, foram levadas ao almoxarifado da Secretaria de Estado da Saúde, em São José, na Grande Florianópolis para serem distribuídas aos municípios.

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, confirmou o início da vacinação após participar, na manhã desta segunda, de um ato simbólico de entrega dos insumos na cidade de Guarulhos, em São Paulo.

Ribeiro classificou o dia como histórico para o Brasil e para Santa Catarina. “Recebemos as doses agora pela manhã durante ato com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, alinhado ao Plano Nacional de Imunização. Ainda pela manhã, essa carga será recebida pelas equipes da Secretaria da Saúde, em Florianópolis, para separação e catalogação. Estamos iniciando a maior campanha de vacinação da história”, informou.

Municípios do Oeste se preparam

Na região Oeste do Estado, em 2020, o CIS-AMOSC (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Oeste Catarinense) adquiriu 49.650 testes rápidos de Covid-19 para as 52 cidades que fazem parte do consórcio. A compra foi feita por meio de um pregão eletrônico. O mesmo está sendo feito para a aquisição de insumos, como agulhas e seringas. A compra imunizará cerca de 700 mil habitantes entre os municípios atendidos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Saúde