Chapecó registra a 61ª morte por Covid-19

O óbito foi de um idoso de 85 anos que possuía registro de outras doenças e estava internado no HRO desde a última sexta-feira (18)

Com 226 casos ativos da Covid-19, Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, registrou neste domingo (20),  a 61ª morte ocasionada pela doença. A vítima foi um idoso de 85 anos que possuía outras comorbidades. Ele estava internado no HRO (Hospital Regional do Oeste) desde a sexta-feira (18), segundo informações da Prefeitura de Chapecó. 

A vítima estava internada no HRO (Hospital Regional do Oeste). Ela apresentava outros problemas de saúde, que não foram detalhados pela prefeitura. Foto: Ascom/ND

O município chegou a 6.871 casos confirmados da doença, destes 6.584 já estão recuperados. Seguem em internação 35 pacientes, 24 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 11 em enfermaria. Desde o início da pandemia, em março, foram realizados 18.170 testes e 11.329 foram negativos. Outros 310 casos ainda seguem em investigação.

Chapecó é o oitavo município com mais casos registrados em Santa Catarina, atrás apenas de Criciúma, São José, Balneário Camboriú, Itajaí, Blumenau, Florianópolis e Joinville, que ocupa a primeira colocação com cerca de 21 mil casos confirmados. 

Na análise da média móvel realizada pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde, se observa a redução no número de casos a partir de 26 de julho, registrando uma média de 67 casos por dia, seguindo em queda até 05 de setembro com média de 20 casos por dia. Do sábado (19) para o domingo foram registrados cinco novos casos. 

Faixa etária

Os grupos mais acometidos pela Covid-19 pertencem à faixa etária de 30 a 39 anos (28,1%), seguido pelas pessoas com idades entre 20 a 29 anos (27,9%). Em relação ao sexo, dentre as pessoas infectadas os homens apresentam um percentual maior que as mulheres, representando 53,7% do total de casos registrados.

+

Saúde