Chapecó está pronta para iniciar a vacinação contra a Covid-19

Expectativa é de que imunização inicie a partir do dia 20 de janeiro, quando está prevista a chegada de vacinas ao Brasil

Após a confirmação do início da vacinação contra a Covid-19 para o dia 20 de janeiro no Brasil, as expectativas para a imunização aumentaram. Em Chapecó, maior município do Oeste de Santa Catarina, a rede municipal de saúde está preparada para assim que receber a dose dar o play na primeira etapa.

Os profissionais da saúde serão os primeiros a serem imunizados. Serão vacinados aproximadamente 1.600 profissionais da rede municipal de saúde, somados aos cerca de 6 mil profissionais de serviços particulares e do HRO (Hospital Regional do Oeste).

Profissionais de saúde terão prioridade em Chapecó- Foto: Pixabay/Reprodução/NDProfissionais de saúde terão prioridade em Chapecó- Foto: Pixabay/Reprodução/ND

Também serão imunizados na primeira etapa idosos com mais de 75 anos, idosos com mais de 60 anos em instituições de longa permanência e indígenas.

De acordo com a Secretaria de Saúde do município, a vacina será distribuída pelo Governo Federal para os Estados e Santa Catarina fará a distribuição para as cinco regionais de saúde. As regionais ficam responsáveis por enviar para os municípios. Em Chapecó as vacinas serão distribuídas conforme os grupos a serem vacinados.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, enfermeira Lígia Schacht, esclareceu que em Chapecó existe uma rede de frios na Secretaria de Saúde, com câmara refrigeradoras de imunobiológicos, com temperatura entre 2 a 8 graus.

“Se for necessário armazenamento a 70 graus negativos, que é exigência de uma das vacinas, o município fará convênio com as universidades”, informou a enfermeira.

Prioridade de vacinação

Em Chapecó, a vacinação iniciará pelos profissionais de saúde que trabalham em UTI’s (Unidades de Terapia Intensiva), diretamente com pacientes sintomáticos para Covid-19, idosos de instituições de longa permanência e indígenas.

“Os profissionais serão vacinados prioritariamente em seus locais de trabalho e os idosos serão vacinados em seus locais de internação. Manteremos estratégias de vacinação extra muro”, explicou Lígia.

Locais de vacinação

A Secretaria de Saúde salientou as vacinas para atender o restante da primeira etapa serão disponibilizadas na rede municipal de vacinação. Chapecó conta com 30 mil seringas, mas podem ser compradas até 300 mil, conforme a necessidade.

O município possui insumos para a primeira etapa e profissionais habilitados para a aplicação da vacina contra a Covid 19. “Está prevista uma capacitação específica para toda a rede poder atender a demanda”, acrescentou a enfermeira.

Prefeito reforça fiscalização em Chapecó

O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, falou sobre a preocupação com a Covid-19 e informou que a partir desta sexta-feira (15), todos os estabelecimentos abertos após às 18 horas como bares, restaurantes e similares serão fiscalizados pela Guarda Municipal, a Vigilância Sanitária e as forças de segurança. “Aqueles que estiverem descumprindo o decreto serão penalizado”, afirmou.

Veja o que disse o prefeito:

Situação da Covid-19 em Chapecó

O município chegou nesta sexta-feira a 15.534 casos confirmados da Covid-19 e 14.677 recuperados da doença. Seguem com o vírus ativo 726 pessoas e outros 399 aguardam o resultado de exames. Desde o início da pandemia foram testados 54.471 pessoas e 38.864 testaram negativo.

O número de mortes chegou a 131. Estão em internação hospitalar 68 pessoas, sendo 39 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e 29 em enfermaria.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Saúde