Chapecó ultrapassa a marca dos mil casos confirmados de coronavírus

Informação foi divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde e mostra aumento de 19 pacientes em 24 horas

Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, chegou a 1.001 casos de coronavírus neste domingo (31). A informação foi divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde e mostra aumento de 19 pacientes em 24 horas.

Há três mortes confirmadas por coronavírus em Chapecó – Foto: NDTV/ReproduçãoHá três mortes confirmadas por coronavírus em Chapecó – Foto: NDTV/Reprodução

Dos pacientes diagnosticados com a doença, nove estão internados em leitos de UTI de hospitais públicos ou privados. Outros cinco estão em enfermarias. De acordo com o boletim, 542 pessoas cumprem isolamento domiciliar.

Leia também:

Dos mais de mil pacientes infectados,  287 têm idade entre 20 e 29 anos. Em relação ao gênero, os homens lideram – são 536 infectados, o que representa 53% dos casos. Até este domingo, 465 mulheres (ou 46%) tiveram diagnóstico positivo para o vírus.

Na curva epidêmica dos casos, Chapecó vem registrando uma escalada significativa. Em uma semana, foram 227 novos casos. O índice representa aumento de 29%.

Até a manhã deste domingo, a doença foi fatal para quatro pessoas na cidade, sendo três homens e uma mulher. Todos já possuíam outras doenças.

Dados estaduais

A Secretaria de Estado da Saúde considera Chapecó a cidade com maior número de casos. No ranking de Santa Catarina, atualizado na noite de sábado (30), Chapecó estava com 905 casos confirmados.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

+ Saúde