Com cobertura vacinal abaixo dos 60%, SC segue vacinando contra a gripe; veja por região

Devido a baixa cobertura vacinal, o Estado segue disponibilizando vacinas contra a gripe para maiores de 12 anos que ainda não receberam o imunizante

Com apenas 56,9% da cobertura vacinal entre os grupos prioritários, a campanha de vacinação de 2022 contra a gripe chegou ao fim em Santa Catarina. De acordo com o governo do Estado, a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde era de vacinar, ao menos, 90% desta população.

Santa Catarina está atrás da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde quanto a cobertura vacinal da população — Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil/Divulgação/NDSanta Catarina está atrás da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde quanto a cobertura vacinal da população — Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil/Divulgação/ND

Desta forma, a fim de imunizar aqueles que ainda não se vacinaram, os municípios que possuírem estoques de vacinas disponíveis podem continuar aplicando-as em todas as pessoas acima de seis meses de idade. A indicação vem da DIVE (Diretoria de Vigilância Epidemiológica).

“O objetivo da vacinação é reduzir as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza”, esclarece a gerente de imunização da DIVE, Arieli Schiessl Fialho. Ela ressalta ainda que é importante que as pessoas mais suscetíveis a doenças se vacinem.

Como faço para me vacinar?

Antes de ir até um posto de vacinação, informe-se com a Secretaria de Saúde do seu município se ainda há doses disponíveis quais são os locais e horários de vacinação. A ida até os postos de saúde também é um bom momento para atualizar a carteirinha de vacinação.

Atualmente, é possível também aplicar simultaneamente doses contra a gripe e a Covid-19 em todos acima dos 12 anos, desde que a pessoa não possua sintomas gripais ou não tenha contraído Covid-19 nos últimos 30 dias. Caso contrário, é necessário esperar a recuperação completa.

Vacinação em Florianópolis

Até o momento, conforme o Painel Influenza, do SUS (Sistema Único de Saúde), foram distribuídas 2.792.600 doses de vacinas contra a gripe para Santa Catarina. Na Capital catarinense, a ideia era que ao menos 173.744 pessoas se vacinassem.

Até esta terça-feira (28), 107.789 doses da vacina da influenza já haviam sido aplicadas em Florianópolis. Veja na tabela abaixo esses dados divididos por grupos prioritários, e confira na sequência a programação do esquema vacinal contra a gripe e a Covid-19 no município:

Cobertura vacinal da gripe em Florianópolis até o dia 27 de junho – Foto: Secretaria de Saúde de Florianópolis/Divulgação/NDCobertura vacinal da gripe em Florianópolis até o dia 27 de junho – Foto: Secretaria de Saúde de Florianópolis/Divulgação/ND

Influenza/Covid-19 – D1, reforços 1 e 2 e reforço em adolescentes de 12 a 17 anos: 

  • Todos os Centros de saúde (exceto Sapé e Costa da Lagoa);
  • SEAD/UFSC – 9h às 18h);
  • Van da vacinação no TICEN – 9h às 16h.

Covid-19 – D2 e dose adicional de imunossuprimidos:

  • Todos os Centros de Saúde;
  • SEAD/UFSC (9h às 18h);
  • Van da vacinação no TICEN (9h às 16h).

Vacinação infantil da Covid-19:

  • Centro de Saúde Santo Antônio;
  • Centro de Saúde Canasvieiras;
  • Centro de Saúde Saco dos Limões;
  • Centro de Saúde Saco Grande;
  • Centro de Saúde do Itacorubi;
  • Centro de Saúde Costeira;
  • Centro de Saúde Tapera;
  • Centro de Saúde Monte Cristo;
  • Centro de Saúde Abraão;
  • Centro de Saúde Estreito;
  • SEAD/UFSC;
  • Van da vacinação no TICEN – 9 às 16h.

Os centros de Saúde funcionam de acordo com o horário habitual de cada unidade.

Vacinação em Blumenau

Em Blumenau, o Ministério da Saúde estima que pelo menos 119.136 pessoas deveriam se vacinar contra a gripe no município a fim de cobrir a população alvo da campanha de 2022. Até esta segunda-feira, esse número estava em 80.504 doses aplicadas.

De acordo com a prefeitura do município, aqueles que estiverem interessados em tomar a vacina contra a gripe precisam apenas se dirigir até uma unidade de Estratégia de Saúde da Família ou um Ambulatório Geral da Família com sala de vacina ativa.

A pessoa deve estar portando um documento oficial com foto e também sua carteira de vacinação. As unidades que possuem sala de vacina ativa você pode conferir por meio do link a seguir:  blumenau.sc.gov.br/salasdevacina.

Vacinação em Joinville

Até este dia 28 de junho, Joinville já aplicou quase 115 mil doses da vacina da gripe em sua população, de acordo com a Secretaria de Saúde da cidade. A estimativa do Ministério da Saúde é que 187.137 pessoas se vacinem. Ao todo, 46% do público prioritário foi vacinado.

Conforme o site da prefeitura municipal, os imunizantes podem ser tomados de duas diferentes maneiras:

  • Por meio das Unidades Básicas de Saúde da Família, com exceção da UBSF Jativoca. As prioridades de atendimento são de pessoas com deficiência, idosos com idade igual ou superior a 60 anos, gestantes, lactantes, pessoas com crianças de colo e obesos (Lei nº 10.048/2000). Os interessados podem se dirigir até o local durante o período de funcionamento das unidades;
  • Sala de vacinas central, localizada na Rua Abdon Batista, 172, no centro de Joinville. A prioridade de atendimento é para pessoas com deficiência, idosos com idade igual ou superior a 60 anos, gestantes, lactantes, pessoas com crianças de colo e obesos (Lei nº 10.048/2000). Os interessados devem chegar no local durante o horário de distribuição de senhas.

Vacinação em Chapecó

De acordo com a prefeitura de Chapecó, foram aplicadas no município 66.500 doses, considerando uma população de 210 mil, totalizando uma taxa de 32% de aplicação. Ainda segundo a prefeitura, esse dado é de após a liberação para toda a população.

Dos grupos  que deveriam ser vacinados, foram aplicadas 22639 doses, com a meta de 78 mil doses. Uma taxa de cobertura de 29%. Ainda de acordo com a prefeitura, o Estado mandou até 77.530 doses até o momento.

As doses podem ser tomadas nas unidades básicas de saúde, que atendem das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h, com exceção das unidades Leste e Jardim América, que passaram a atender das 7h às 19h, informa a prefeitura municipal de Chapecó.

Vacinação em Criciúma

Enquanto isso, em Criciúma, no Sul do Estado, 79.214 pessoas são esperadas para a vacinação da gripe, a fim de atingir o público alvo da campanha. Até o momento, entretanto, somente 47.755 doses foram aplicadas na população.

Os imunizantes podem ser encontrados nas unidades de saúde do município.

+

Saúde

Loading...