Com entrega atrasada, SC ainda não tem previsão de chegada de vacinas da Janssen

Doses do imunizante deveriam ter desembarcado no Brasil nesta quarta-feira (16), mas ministro da Saúde não confirma data de entrega

Santa Catarina não tem sequer previsão da chegada da vacina da Janssen contra a Covid-19, segundo informou a Dive (Diretoria de Vigilância Epidemiológica) nesta quinta-feira (17). As 3 milhões de doses do imunizante que deveriam ter desembarcado no país na quarta (16) ainda nem chegaram ao Brasil.

Imunizante da Janssen ainda não tem previsão de chegada ao país – Foto: Fotos Públicas/Divulgação/NDImunizante da Janssen ainda não tem previsão de chegada ao país – Foto: Fotos Públicas/Divulgação/ND

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou não ser possível estimar o prazo para a chegada das vacinas.

“Sobre a chegada da Janssen, só vai ter confirmação quando embarcar nos EUA”, disse o ministro em visita ao Hospital Regional do Guará, no Distrito Federal. No local, ele aplicou doses de vacina no ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, e no presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.

A entrega dos insumos deveria ter sido realizada ainda na última quinta-feira ( 10), o que tampouco ocorreu. O governo brasileiro espera a liberação por parte do FDA (agência reguladora de medicamentos dos EUA) da exportação do lote.

A vacina é fabricada pela Janssen, que é o braço farmacêutico da companhia Johnson & Johnson, e é ministrada em dose única, diferentemente das outras vacinas aplicadas no país atualmente.

No entanto, Santa Catarina receberá 85.410 doses da vacina Pfizer previstas para chegar às 19h05 desta quinta e 68.400 doses da CoronaVac nesta sexta-feira (18), às 10h15.

*Com informações do R7

+

Saúde

Loading...