Como a boa alimentação influencia diretamente no resultado da cirurgia plástica

O estado nutricional é fundamental, pois a cirurgia plástica não é solução para emagrecimento

Cuidar do estado nutricional faz parte do sucesso da cirurgia plástica – Foto: PixabayCuidar do estado nutricional faz parte do sucesso da cirurgia plástica – Foto: Pixabay

Se você planeja fazer uma cirurgia plástica, preste bastante atenção a um aspecto muitas vezes negligenciado: o estado nutricional pré-operatório é fundamental para um bom resultado cirúrgico.

Existem pacientes, especialmente nos casos de cirurgia de contorno corporal, que esperam perder peso apenas com a cirurgia plástica, sem se dar conta que se estiverem muito acima do peso, não só o estado nutricional não será corrigido pela cirurgia, como também o resultado estético será mais pobre. Haverá prejuízo no contorno pós-operatório, assim como déficit no processo da cicatrização.

O cirurgião plástico Wagner Santos, com atuação em Florianópolis, chama atenção para este tema e suas implicações. Com o apoio da nutricionista Heloisa Martins Sommacal, (CRN 4265), ele explica que a obesidade não está restrita ao foco da cirurgia plástica. Muitos desses pacientes possuem o que se chama de aumento da gordura visceral (a gordura que fica entre os órgãos abdominais).

Além disso, um aumento da gordura visceral está associado a doenças crônicas como hipertensão arterial e diabetes. Por isso, estar com um peso mais próximo do adequado antes da cirurgia garante, além de um melhor resultado estético, também o controle dessas doenças e menor risco cirúrgico.

Cuidado com o uso exagerado de vitaminas

A complementação de nutrientes também pode causar problemas. Muitos pacientes creem que é necessário repor tudo que é vitamina sem se dar conta que o benefício da suplementação nutricional é adequado para aqueles que têm alguma carência nutricional estabelecida. É importante lembrar que hipervitaminoses também são problemáticas.

O período pós-operatório de qualquer cirurgia deve ter um planejamento individualizado para cada momento, cada pessoa e cada procedimento realizado. Por isso, é importante ter orientação de um profissional para adequar a dieta conforme a necessidade.

Veja as principais orientações nutricionais no pós-operatório:

  • Consumir alimentos fontes de glutamina (carnes magras, ovo, leite, espinafre);
  • Vitaminas A (leite, ovo, folhas verdes, verduras e frutas amarelo-alaranjadas) e C (frutas cítricas, mamão, manga, brócolis, couve);
  • Ferro (carnes e leguminosas);
  • Vinco (frutos do mar, nozes, leguminosas);
  • Cobre (oleaginosas, chocolate amargo, cogumelos, gema de ovo);
  • Selênio (carnes, ovos, leite, castanhas);
  • Evitar alimentos ricos em açúcares e gorduras saturadas que prolongam o período de inflamação e interferem na cicatrização.
  • Aumentar o consumo de proteínas a partir do quarto dia após o procedimento, pois o baixo teor de proteínas prolonga a fase inflamatória, aumentando o risco de infecção.

Hábitos saudáveis a longo prazo

Fique de olho na alimentação – Foto: PixabayFique de olho na alimentação – Foto: Pixabay

Quando falamos nesse contexto, da cirurgia plástica e da nutrição, estamos lidando com a busca pelo bem-estar pessoal. Como incorporar hábitos saudáveis de forma consistente no longo prazo?

Na grande maioria das vezes, os procedimentos estéticos, incluindo a plástica, buscam beleza, e a beleza é “um estilo de vida”, envolve alimentação, atividade física, hobbies, saúde mental e claro, por quê não, procedimentos estéticos.

Trata-se do conjunto, dificilmente um desses itens conseguirá sozinho proporcionar um resultado duradouro e pleno. Isso reflete diretamente no bem-estar das pessoas, alguém com uma boa relação com a alimentação é uma pessoa feliz.

Sobre o profissional

Dr. Wagner Santos é graduado em medicina pela UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), com primeira residência em cirurgia geral no hospital Pompéia, de Caxias do Sul (RS), referência no atendimento de traumas. E segunda residência em cirurgia plástica na UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina).

Dr. Wagner Santos

+

Saúde Mais

Loading...