Concórdia iniciará vacinação de crianças; saiba quando

Município recebeu as instruções técnicas sobre a imunização; vacinação não é obrigatória e iniciará por faixa etária e grupos prioritários

A Secretaria de Saúde de Concórdia, no Alto Uruguai catarinense, recebeu do governo do Estado as orientações para iniciar a imunização das crianças de 5 a 11 anos, contra a Covid-19.

Vacinação de crianças iniciará na próxima semana em Concórdia. – Foto: Prefeitura de Concórdia/Divulgação/NDVacinação de crianças iniciará na próxima semana em Concórdia. – Foto: Prefeitura de Concórdia/Divulgação/ND

O município receberá inicialmente uma remessa com 350 doses, para começar a vacinação na próxima quarta-feira, 19 de janeiro, por faixa etária, em ordem decrescente, e pelos grupos prioritários (crianças com deficiência permanente e comorbidades).

O imunizante autorizado é da fabricante Pfizer, que consiste em duas doses, com intervalo de oito semanas entre D1 e D2. A vacinação não é obrigatória.

Agendamento

Conforme informou a Secretaria de Saúde, as doses serão distribuídas mediante agendamento. Em função do baixo número de doses, inicialmente as aplicações serão na Unidade Sanitária, localizada na rua Oswaldo Zandavalli, no Centro. Para receber a dose, é obrigatório a apresentação do documento de identificação da criança (identidade e CPF).

Para quem pertence aos grupos prioritários – deficiência permanente ou comorbidades, é necessário apresentação de atestado médico ou documento que comprove a condição. Para receber a imunização desacompanhada dos pais e/ou responsáveis, será exigido o termo de assentimento assinado pelos mesmos.

Confira a lista com os critérios dos grupos prioritários:

  • Deficiência permanente: Limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escadas; indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de ouvir;
  • Indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de enxergar;
  • Indivíduos com alguma deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais, como ir à escola, brincar, etc.
  • Comorbidades: Diabetes mellitus e doenças metabólicas hereditárias (doença de Gaucher, mucopolissacaridoses e outras);
  • Doenças pulmonares crônicas (asma brônquica, fibrose cística, fibroses pulmonares, broncodisplasias);
  • Cardiopatias congênitas e adquiridas;
  • Doença hepática crônica;
  • Doença renal crônica;
  • Doenças neurológicas crônicas (paralisia cerebral, doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular; deficiência neurológica grave);
  • Imunossupressão congênita ou adquirida (incluindo HIV/Aids, câncer, transplantados de órgãos sólidos e medula óssea e pacientes em uso de terapia imunossupressora devido à doença crônica como doenças reumatológicas e doenças inflamatórias intestinais (Crohn e colite ulcerativa);
  • Hemoglobinopatias (anemia falciforme e talassemia maior);
  • Obesidade grave (IMC: escore z>+3);
  • Síndrome de down.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Saúde

Loading...