Concórdia investiga suspeita de coronavírus em empresário que foi à Itália

Catarinense esteve em Veneza e apresentou sintomas do vírus; familiares e pessoas que tiveram contato com paciente são monitorados

Um homem de 54 anos está internado em isolamento no Hospital São Francisco, em Concórdia, com suspeita de infecção por coronavírus.

Homem está internado desde sábado no hospital – Foto: Willian Ricardo/NDHomem está internado desde sábado no hospital – Foto: Willian Ricardo/ND

O paciente deu entrada no pronto atendimento no último sábado (29) com febre e tosse, sintomas semelhantes ao Covid-19

De acordo com o secretário de Saúde de Concórdia, Geovane Bedin, o homem é empresário e esteve em fevereiro em Veneza, na Itália. Ele retornou a Santa Catarina no domingo (22).

Monitoramento

Bedin afirma que, nesse domingo (1º), foram coletados materiais genéticos do paciente para exames que serão apurados no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública), em Florianópolis. O diagnóstico deve ser divulgado em cinco dias.

“O quadro clínico do paciente é estável, está sem febre. Por critérios com base em determinações de protocolos, o paciente segue isolado no hospital até o diagnóstico dos exames do Lacen”, comentou o secretário. 

Bedin ressalta que a Secretaria Municipal de Saúde já está monitorando os familiares e outras pessoas que tiveram contato com o empresário. 

“Pedimos que a população não crie pânico. São protocolos que devem ser seguidos, pelo fato que ele esteve em um país contaminado, assim, temos que fazer os processos”, comentou Bedin.

OMS declarou que o surto do novo coronavírus (COVID-19) no dia 30 de janeiro de 2020 – Foto: Imagem: creativeneko/Shutterstock.com/DivulgaçãoOMS declarou que o surto do novo coronavírus (COVID-19) no dia 30 de janeiro de 2020 – Foto: Imagem: creativeneko/Shutterstock.com/Divulgação

Covid-19

A epidemia de Covid-19, que teve origem na China, em dezembro de 2019, já infectou mais de 86 mil pessoas em 53 países de cinco continentes, das quais morreram cerca de três mil.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para “muito elevado”.

O número de pessoas contaminadas pelo novo Coronavírus na Itália cresceu mais de cinco vezes em menos de uma semanas. O país tinha 322 casos na última terça-feira e passou para 1.694 neste domingo. Os dois brasileiros com diagnóstico de Covid-19 vieram da Itália. 

O Brasil tem 252 casos suspeitos do novo Coronavírus, sendo 136 deles no Estado de São Paulo. A informação foi atualizada neste domingo pelo Ministério da Saúde na Plataforma Integrada de Vigilância em Saúde (IVIS). No sábado, o número de casos suspeitos era de 207.

Leia também:

Casos suspeitos em Santa Catarina

Até o momento, Santa Catarina tem nove casos suspeitos, distribuídos nas cidades de Joinville (4) Balneário Camboriú (2), São Bento do Sul (2) e Florianópolis (1), porém nenhum deles está internado. O paciente de Concórdia ainda não entrou na tabela oficial.

Os casos de Santa Catarina são todos de pessoas que voltaram de viagem de países considerados focos de transmissão da doença. Outros quatro casos já tinham sido descartados, nas cidades de Rio do Sul, Brusque e dois na capital.

Para que o caso seja considerado suspeito, segundo o médico infectologista Marcelo Mulazani, são três situações: febre, sintoma respiratório e ter vindo de algum país com alerta do vírus; febre, sintoma respiratório e ter contato com alguém que já está sob suspeita; e febre, sintoma respiratório e ter tido contato com o caso confirmado.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Saúde