Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Coronavírus: avança plano para volta do transporte coletivo em Florianópolis

Comércio e prefeitura discutem proposta que prevê horários diferenciados para oito grupos de atividades; inicialmente, ônibus só vão circular de segunda a sexta-feira

A CDL de Florianópolis apresentou nesta quarta-feira (27) à administração municipal um plano com horários diferenciados de funcionamento das atividades para ser aplicado quando o transporte coletivo for liberado.

A entidade sugere que o comércio de rua e os centros comerciais tenham o horário unificado das 10h às 19h e que os shopping centers abram das 11h às 22h.

Transporte coletivo está parado desde março em Florianópolis – Foto: Anderson Coelho/NDTransporte coletivo está parado desde março em Florianópolis – Foto: Anderson Coelho/ND

“Usamos como base modelos praticados em outras capitais que estão fluindo muito bem e adaptamos à realidade. A ideia é que os profissionais do comércio possam intercalar as viagens para preservar a saúde e evitar o contágio dos passageiros e colaboradores do transporte”, explicou o presidente, Ernesto Caponi.

Prefeitura e comerciantes discutem um planejamento que prevê oito grupos com horários definidos para cada segmento com o objetivo de evitar aglomeração nos ônibus e terminais de embarque e desembarque de usuários.

Alguns trabalhadores vão trabalhar, por exemplo, das 6h às 15h, e outros das 10h às 19h. Nova reunião deve ocorrer nesta sexta-feira (29) com o objetivo de detalhar ainda mais a proposta.

Segundo o prefeito Gean Loureiro (DEM), a liberação ou não do transporte público vai depender da análise da curva dos casos de Covid-19 na Capital nos últimos dias.

De qualquer forma, inicialmente o município prevê autorizar a circulação de ônibus apenas de segunda a sexta-feira, e não durante os finais de semana.

06 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
  • Marcio
    Marcio
    E os ônibus de linha que liga Curitiba a Santa Catarina vai funcionar também e quando?
  • Jorge Fernandes
    Jorge Fernandes
    O título da reportagem deveria ser “prefeitura cria mecanismo para aumentar as vendas de urnas funerárias”...estamos todos fritos...
  • Desterrado
    Desterrado
    Bem lembrado, não existe concorrência. Existe é MONOPÓLIO!!! Reclamam de boca cheia que "não dá lucro", "mal conseguimos cobrir as depesas" mas são as mesmas empresas e figurinhas carimbadas aí por mais de 30 anos... Transporte marítimo então quem sabe no ano de 2150, com outra MÁFIA DE MONOPÓLIO por trás. Depois de roubarem bilhões pra construir um trapiche porco, construído por quem não entende de mar e não serve pra nada (pergunta porque o trapiche da beira mar não é flutuante?). Brasil é triste bicho.

+ Fabio Gadotti