Coronavírus: governo do DF suspende aulas e eventos por cinco dias

Decreto ainda estabelece que bares e restaurantes devem manter suas mesas a uma distância mínima de dois metros entre elas

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, publicou na noite desta quarta-feira (11) um decreto suspendendo as aulas na rede de ensino público e privado em escolas, universidades e faculdades durante cinco dias. Também estão suspensos os eventos com público superior a 100 pessoas e que exijam licença do Poder Público. A suspensão poderá ser prorrogada pelo mesmo período.

Eventos com público superior a 100 pessoas e aulas nos ensino público e privado estão suspensas por cinco dias de acordo com o governo do Distrito Federal – Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil/ND

Dessa maneira, o decreto também estabelece que bares e restaurantes devem manter suas mesas a uma distância mínima de dois metros entre elas.

Leia também:

Pandemia mundial

Segundo o site do governo do Distrito Federal, a medida foi adotada em função de a Organização Mundial da Saúde (OMS) ter decretado pandemia mundial de coronavírus nesta quarta-feira.

Então, o texto publicado no Diário Oficial do Distrito Federal também cita que a “saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos”.

Dessa forma, o decreto, assinado por Ibaneis, considera então que a situação envolvendo o coronavírus “demanda o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, a fim de evitar a disseminação da doença no Distrito Federal”.

Segundo a última atualização do Ministério da Saúde, o Distrito Federal tem dois casos confirmados de coronavírus. No Brasil, há 52 confirmações e 907 casos suspeitos.

+

Saúde