Karina Manarin

Com foco em notícias de política, o blog traz todos os dias também as informações do cotidiano e que interferem diretamente na vida das pessoas de todo o Sul Catarinense.


Covid-19: arenas esportivas devem ter novo regramento nos próximos dias

O superintendente de Vigilância em Saúde de Santa Catarina adiantou a informação durante audiência pública na Assembleia Legislativa

As arenas esportivas devem ter, nos próximos dias, um novo e único regramento sanitário para o funcionamento, em razão da pandemia da Covid-19.

É o que adiantou o superintendente de Vigilância em Saúde de Santa Catarina, Eduardo Macário, durante audiência pública realizada pela Assembleia Legislativa nesta segunda-feira (5), para discutir as portarias e decretos estaduais que restringem a prática de esportes em função do coronavírus.

O encontro, organizado pela Comissão de Educação, Cultura e Desporto, foi solicitado pelo deputado Fernando Krelling, do MDB,  e contou com a participação remota de mais de 20 pessoas, entre educadores físicos, empresários, autoridades, profissionais da saúde, secretários municipais de esporte, entre outros.

Informação sobre arenas esportivas foi antecipada em audiência pública – Foto: Agência AlescInformação sobre arenas esportivas foi antecipada em audiência pública – Foto: Agência Alesc

Antes de iniciar os debates, Krelling pediu um minuto de silêncio para o desportista João Kiyoshi Okuti, que faleceu na semana passada por causa da Covid-19. Em seguida, o parlamentar defendeu o retorno das atividades esportivas, principalmente do chamado desporto de participação, com protocolos unificados de segurança sanitária.

“Os complexos esportivos estão à mercê de normas com interpretações equivocadas, a maioria está sem trabalhar desde o ano passado”, comentou Krelling. “Não é só a questão econômica, estamos falando da importância do esporte para a saúde das pessoas. O esporte não é o vilão. Queremos mostrar que o esporte é importante na prevenção.”

O presidente da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Kelvin Soares, disse, durante a audiência, que a entidade trabalhou nos últimos dias na elaboração de uma norma voltada às atividades esportivas, com protocolos sanitários mais concretos. “A equipe da Fesporte se debruçou nesse documento, que é mais sintético e elucidativo”, disse.

O superintendente da Vigilância em Saúde informou que a unificação das normas sanitárias voltadas às atividades esportivas será encaminhada para avaliação da secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto, para que ela possa aprová-la.

“Teremos nos próximos dias uma legislação mais segura e queremos contar com todos para a sua divulgação e também para retomar as atividades, não como era antes, mas de uma forma muito mais segura”, disse Macário.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.